Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/26

Bicicletas estáticas, passadeira e step voltam a ter uso

Profissionais doam equipamentos para exercício físico pelos utentes do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental de Leiria

Utentes têm demonstrado uma grande motivação diária para a utilização do equipamento

Vários profissionais do Centro Hospitalar de Leiria doaram equipamentos estáticos para a prática de exercício físico, como bicicletas, passadeira e step, para utilização dos utentes do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental (SPSM), internados no Hospital de Santo André, em Leiria, e dos utentes internados na Unidade de Internamento de Doentes em Evolução Prolongada de Psiquiatria (UIDEPP), nos Andrinos. A Comissão de Humanização foi responsável pelo sucesso desta ação de promoção da atividade física dos utentes, com a divulgação interna do repto. No total foram doadas duas bicicletas, uma passadeira e um step.

«Este projeto resultou de uma conversa com o Serviço de Psiquiatria, em que foi manifestada a preocupação com o sedentarismo dos doentes e a importância do exercício físico para promoção da saúde mental. No mesmo dia, a Comissão de Humanização lançou o desafio aos profissionais, que rapidamente acederam em contribuir com equipamentos de cardio que tinham em casa e que não faziam uso», explica Andreia Correia, presidente da Comissão de Humanização. «Ficamos sempre muito sensibilizados com a generosidade dos profissionais do Centro Hospitalar de Leiria, que estão sempre prontos a ajudar quem necessita e sempre com foco nos doentes mais vulneráveis.»

Lídia Vieira, enfermeira-chefe do SPSM do Centro Hospitalar de Leiria, destaca a generosidade de todos os que responderam ao apelo. «O Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental agradece do fundo do coração os donativos recebidos. As ofertas dos vários colaboradores, além de serem utilizadas para a ocupação lúdica dos doentes, têm como principal missão colaborarem nas dinâmicas de enfermagem, que se realizam para uma melhor e mais rápida estabilização dos nossos doentes.»

A profissional de enfermagem acrescenta ainda que «os equipamentos e artigos vieram dar uma maior energia às nossas práticas de enfermagem na área da Psiquiatria, e esta energia traduz-se essencialmente em ganhos terapêuticos para os doentes/família. Ficamos também felizes por sentirmos que a saúde mental é também uma preocupação para muitas pessoas, e por arrasto os doentes com patologia psiquiátrica estão inclusos nessa preocupação, por pensarem neles e no processo terapêutico para a compensação clínica dos mesmos. Sem saúde mental, não há saúde.»

Na UIDEPP a doação também foi muito bem acolhida por todos. «Os nossos utentes adoraram! E temos uma paisagem maravilhosa para usufruir da “nova” bicicleta estática», realça Tânia Cruz, enfermeira coordenadora da UIDEPP e do Hospital de Dia de Psiquiatria. «Os utentes têm demonstrado uma grande motivação diária para a utilização do equipamento, destacando a importância de fazer exercício físico.»

A Comissão de Humanização reconhece igualmente a importância da atividade física na promoção da saúde mental também para os profissionais, com a realização, desde abril de 2021, de caminhadas semanais para exercício do corpo e da mente, tendo vencido também o Orçamento Partilhado do Centro Hospitalar de Leiria em 2018, com a implementação de um ginásio para os profissionais da instituição.

    Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.