Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/19

Documento refere-se à gestão do anterior presidente Paulo Batista Santos

PSD da Batalha congratula-se com a aprovação unânime das contas relativas à gestão municipal do exercício de 2021

PSD da Batalha congratulou-se, no dia 19 de abril, com a aprovação por unanimidade das contas relativas à gestão municipal do exercício de 2021, salientando que “o atual executivo apresentou as contas relativas ao exercício de 2021, depois de toda a expectativa propagandeada pelo presidente Raul Castro sobre o descalabro da situação financeira da Câmara Municipal da Batalha, eis que o vice-presidente Carlos Monteiro, atual responsável pelas finanças municipais, assina o relatório em que se regista a melhoria em cerca de 994 mil euros no resultado líquido, face a 2020.”

Os sociais democratas da Batalha notam que este valor “resultou do efeito conjugado da redução dos gastos e perdas em -316 mil euros e do aumento dos rendimentos e ganhos em 678 mil euros” e destacam ainda “os meios libertos líquidos (Resultados líquidos + Depreciações / Amortizações + variação de provisões + variação imparidades) ascenderam a 2.259.077 euros em 2021, que compara com 1.912.361 euros em 2020, o que representa um aumento de 18,1%.”

Cumpre-se ainda a regra de equilíbrio orçamental, verificando-se uma margem positiva e 1.391.705€. Relativamente à evolução da dívida, o limite total permitido ao Município da Batalha é de 16.120.835€, sendo que o valor total ascende a 2.932.796€ permitindo assim uma margem face ao limite total de 13.196.960€.

Ainda, citando o relatório aprovado por unanimidade em reunião de Câmara realizada esta segunda-feira, dia 18 de abril: “As receitas próprias de funcionamento e a saúde financeira” da Autarquia aumentaram ligeiramente face ao período homólogo, correspondendo a um acréscimo de autonomia financeira de 245.811€”.

Os documentos de prestação de contas relativas ao biénio 2020/2021, também evidenciam a boa situação financeira da Câmara Municipal da Batalha, com indicadores positivos e bastante acima da média nacional das autarquias, respetivamente:

Indicador 2020 2021
Saúde Financeira* 12% 13%
Solvabilidade** 88,91% 88,53%
Liquidez Geral *** 1,5 1,33

* Autonomia financeira / receitas próprias de funcionamento
** Património líquido / Ativo
*** Ativo Corrente / Passivo Corrente

Esta avaliação independente realizada pelo Relatório do Auditor Externo da Câmara Municipal da Batalha, apenas veio confirmar, sem margem para dúvidas, segundo o PSD, “a gestão prudente e sustentável do anterior executivo municipal, o que exige à Câmara Municipal em funções a responsabilidade de continuar a manter as contas equilibradas da autarquia e o dever de lealdade de dizer a verdade aos batalhenses sobre a boa situação económica e financeira do Município.”

Por fim, em função dos resultados apresentados, e havendo meios libertos de 2.259.077€, os vereadores do PSD propuseram a realização de novos projetos como área de localização empresarial de São Mamede, a construção do Arquivo Municipal da Batalha, a requalificação do antigo edifício do IVV, a construção do pavilhão multifuncional da Torre, a construção de campo sintético na freguesia da Golpilheira, entre outras prioridades nas áreas de apoio social e proteção das famílias.

    Fonte: PSD|Batalha

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.