Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/19

Organização candidatou respostas sociais ao Plano de Recuperação e Resiliência

CERCINA adquire instalações do Centro Social do Rio Novo

Joaquim Pequicho no Conselho Local de Ação Social

As instalações do antigo Centro Social do Rio Novo, na Nazaré, foram adquiridas pela CERCINA – Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Nazaré.

Neste imóvel, devoluto há largos anos, pretende a CERCINA instalar o novo Serviço de Apoio Domiciliário (SAD), destinado exclusivamente a pessoas com deficiência, e proceder à ampliação do Centro de Atividades para a Capacitação e Inclusão (CACI), num investimento estimado em 742 mil euros.

A aquisição do equipamento veio possibilitar a candidatura da CERCINA aos fundos do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência), na medida em que a dimensão do imóvel permite cumprir, com algumas adaptações, os exigentes critérios de licenciamento das entidades tutelares, para aumento da capacidade do CACI (para mais 30 pessoas) e para instalação de uma nova resposta social, o Serviço de Apoio Domiciliário (para 30 pessoas).

De acordo com o presidente do Conselho de Administração, Joaquim Pequicho, o montante dos fundos provenientes do PRR permite pagar a aquisição do imóvel e a sua remodelação para instalação das duas respostas sociais que, por sua vez, contribuirão para a sustentabilidade da organização por via dos novos acordos de cooperação a estabelecer com o Estado.

«Independentemente do deferimento da nossa candidatura, a CERCINA tomou a decisão de adquirir o Centro Social do Rio Novo, o que já é uma realidade», afirma Joaquim Pequicho. «Encontrámos uma solução que é equilibrada ao nível do risco do investimento. Vai dar muito trabalho, vai exigir muito da organização mas penso que está bem conseguida».

O presidente da CERCINA lembra ainda que «o centro comunitário do Rio Novo teve em tempos um papel importante na dinamização de projetos na área da inclusão social» e, agora, «estando na posse de uma organização do setor social, vai ser requalificado e devolvido ao serviço da comunidade».

A aquisição deste imóvel pela CERCINA foi analisada e discutida em sede do Conselho Local de Ação Social (CLAS), tendo merecido a aprovação unânime dos parceiros da rede.

          Fonte: AP|GC|CERCINA

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.