Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/19

Instituição formaliza protocolo com Associação Indo-Europeia de Ciências e Artes

Politécnico de Leiria reforça cooperação com a Índia na investigação científica e criação artística

Hiren Canacsinh e Rui Pedrosa

Reforçar a cooperação com a Índia, nomeadamente no que se refere ao desenvolvimento e divulgação da investigação científica e da criação artística, nas suas mais diversificadas áreas, é o grande desígnio do protocolo celebrado na terça-feira, dia 26 de abril, entre o presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, e o presidente da Associação Indo-Europeia de Ciências e Artes – AIECA / Indo-European Science and Arts Association – IESAA, Hiren Canacsinh. A assinatura do protocolo teve lugar nos Serviços Centrais do Politécnico de Leiria.

O protocolo estabelece a colaboração entre o Politécnico de Leiria e a AIECA e visa potenciar as sinergias existentes em cada instituição, por forma a melhor concretizar o desempenho das suas missões. Ambas as instituições, no exercício das suas atribuições e na utilização dos seus recursos, procurarão estabelecer e desenvolver relações de cooperação e de colaboração nos domínios e nas áreas em que essas atribuições possam ser potenciadas pela complementaridade ou alternatividade dos recursos de que cada uma disponha. O protocolo tem duração de três anos, podendo ser automaticamente renovado por iguais períodos.

«A assinatura deste protocolo é muito importante para o Politécnico de Leiria, enquanto instituição de ensino superior global e multicultural, com estudantes de todos os pontos do mundo, nomeadamente da Índia. Com este protocolo esperamos que a AIECA/IESAA nos ajude a integrar melhor os nossos estudantes, particularmente os estudantes internacionais oriundos da Índia. Esperamos igualmente que, juntos, possamos construir no futuro algumas pontes com a Índia para recebermos mais estudantes, nomeadamente nos nossos cursos de mestrado», afirmou Rui Pedrosa, assegurando que a AIECA/IESAA pode contar com o Politécnico de Leiria para «estabelecer ligações com a comunidade indiana da região de Leiria, presente não só nesta instituição, mas também em variadas empresas».

Sem fins lucrativos, a Associação Indo-Europeia de Ciências e Artes pretende promover o desenvolvimento e a divulgação da investigação científica, tecnológica e das criações artísticas que permitam o reforço do intercâmbio e da cooperação entre Portugal, a Índia e a Europa. Trata-se de uma entidade que prevê promover a transferência de conhecimento e a criação de redes colaborativas entre as comunidades académicas e científicas portuguesas e indianas, além de fomentar as relações externas e realizar projetos de solidariedade social.

Professores presentes na assinatura do protocolo

«Este protocolo é muito relevante para criarmos sinergias para aproximarmos estas duas culturas cada vez mais, não só em termos académicos, mas também ao nível empresarial e industrial. Atualmente existem já distintos protocolos que facilitam a integração da população indiana em Portugal, no entanto, existem ainda várias dificuldades, pelo que este protocolo é importante para apoiarmos esta integração e colaborarmos em diferentes áreas», defendeu Hiren Canacsinh, presidente da AIECA/IESAA.

Em representação da Associação Indo-Europeia de Ciências e Artes esteve também João Lagarto e Suraj Prakash, que abordou a presença da comunidade indiana em Portugal. «A população indiana está muito presente em diferentes pontos do país. Precisamos de reforçar ainda mais esta ligação entre Portugal e Índia, para facilitarmos este canal de vinda da comunidade indiana para o território português. A assinatura deste protocolo é, assim, mais um passo para uma maior colaboração entre ambas as partes», referiu Suraj Prakash.

      Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.