Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/19

Alteração do regulamento aprovada por unanimidade

Assembleia Municipal de Alcobaça alarga atribuição de Bolsas de Estudo a estudantes de mestrado

Vereadores e Mesa da Assembleia Municipal de Alcobaça

A Assembleia Municipal de Alcobaça aprovou, no dia 28 de abril, por unanimidade, a alteração do regulamento de atribuição de Bolsas de Estudo, que permite que o número de bolsas a atribuir deixe de ser fixado em regulamento, passando a ser decidido anualmente pela Câmara Municipal, além de passar a abranger também os estudantes de mestrado. O novo regulamento prevê também o aumento do valor mensal da bolsa a atribuir. Apesar destas alterações implicarem um aumento dos encargos do Município, este assume a decisão “em prol do reforço da equidade social e da promoção da igualdade de oportunidades”.

Na ocasião, Susana Coito, deputada do PSD, mostrou-se “muito feliz” que o município inclua os mestrados nas bolsas e que estas já não sejam limitadas, salientando que é apostando na educação e formação que o concelho vai conseguir crescer.

Também Eugénia Rodrigues parabenizou o executivo por “este novo regulamento”, considerando apenas que “só peca por tardio”. A deputada do PS considerou que o anterior regulamento “era uma injustiça” devido ao número insuficiente de bolsas atribuídas e defendeu que “o saber dos nossos jovens é um investimento no desenvolvimento do nosso concelho. Todos têm direito ao ensino e à garantia de acesso na sua igualdade”, acrescentando que “a Câmara Municipal com este regulamento está a assegurar este direito à educação”.

Membros da Assembleia Municipal aprovaram as alterações por unanimidade

Também António Raposo (CDU) saudou a iniciativa, realçando que “todos os apoios que conseguirmos dar à formação dos nossos jovens são importantes”. No entanto, o deputado alertou para as atuais dificuldades financeiras que grande parte da população atravessa, questionando o executivo, sobre se estão previstos outro tipo de ajudas para as famílias dos jovens estudantes.

Em resposta, Inês Silva, vice-presidente da Câmara Municipal, mostrou-se satisfeita por ver “as questões ligadas à educação serem valorizadas por todos os partidos”, recordando também que o município tem em execução 18 medidas de apoio social, às quais as famílias podem aceder.

    Mónica Alexandre

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.