Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/19

Investimento de quase um milhão de euros

Obras na Rua D. José Alves Correia da Silva avançam em Leiria para a segunda subfase

Rua D. José Alves Correia da Silva

Tem início no dia 16 de maio a segunda etapa da primeira fase de requalificação da Rua D. José Alves Correia da Silva, que irá intervir no troço entre a Rua Poeta José Marques da Cruz e a Rua de São João, prevendo-se que tenha uma duração de cinco meses.

O corte de trânsito atualmente em vigor irá manter-se ainda ao longo da próxima semana, com implementação de semáforos temporários, sendo que, posteriormente, a circulação estará cortada entre a Rua Dr. Francisco António Dias e a Rua de São João, entre as 9h30 e as 17h, sendo permitido o acesso a moradores, comerciantes locais, veículos de emergência, ao Regimento de Artilharia n.º 4 e ao posto de combustível.

Durante este período, e consultando o mapa interativo disponível no site do Município de Leiria, a alternativa fica assegurada pelo desvio através da Rua Dr. Francisco António Dias, Rua da Malaposta, Estrada da Mourã e Rua de São João.

No restante período horário, o trânsito ficará a circular alternadamente através de semáforos.

Durante o primeiro mês desta segunda subfase, que coincide com o final do ano escolar, o sistema de semáforos estará também em funcionamento entre as 8h e as 17h30, sendo a circulação feita sem qualquer condicionalismo nas restantes horas.

Esta empreitada, a realizar numa extensão total de 600 metros e com um investimento de 973.449,94 euros e um prazo de execução de 340 dias, pretende aumentar a segurança rodoviária para condutores e peões e reordenar o estacionamento público, para além de requalificar o espaço urbano, com adaptação à mobilidade reduzida, aumentar passeios e implementar medidas de redução da velocidade.

Estão incluídos nos trabalhos a requalificação das infraestruturas subterrâneas (água, esgotos domésticos e pluviais, gás, rede elétrica e telecomunicações), pavimentação em betão betuminoso, criação de passadeiras com sinalização LED e sensor de peões, substituição da rede de iluminação pública, plantação de cinco olaias e a instalação de uma ilha ecológica.

Estando a primeira subfase em conclusão, e dentro do prazo previsto, a última etapa da obra irá incidir no troço entre a Rua de São João e o viaduto da A8 e deverá decorrer durante dois meses.

  Fonte: GRPG|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.