Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/19

Entre os dias 31 de maio e 7 de junho

Essência – Ser Humanidade vai levar a cultura a quatro mil crianças e jovens em Tomar

Apresentação da iniciativa Essência – Ser Humanidade: Semana Cultural, da Criança e do Ambiente de Tomar

Foi apresentada na terça-feira, 10 de maio, na Biblioteca Municipal de Tomar, a iniciativa Essência – Ser Humanidade: Semana Cultural, da Criança e do Ambiente. Integrando as comemorações do Dia Mundial da Criança, do Dia Mundial do Ambiente e a 5ª Semana Cultural do Agrupamento de Escola Templários (AET), o projeto pretende envolver toda a comunidade, incluindo cerca de quatro mil crianças e jovens, e realiza-se entre os dias 31 de maio e 7 de junho, incluindo vários espetáculos de dança, música, teatro, workshops de aperfeiçoamento artístico e  exposições, em locais diversos como o Mouchão, o Convento de Cristo, o Cine-Teatro Paraíso, a Biblioteca Municipal ou a Junta de Freguesia Urbana.

O projeto, que será realizado no seguimento do objetivo presente no Prémio Autárquico “Aristides de Sousa Mendes e outros salvadores portugueses”, pretende sensibilizar a comunidade para os valores universais, do humanismo e da justiça, garantindo a participação da população na construção dessa ideia.

Esta 1.ª edição vai ser dedicada a Ângela Tamagnini, procurando abordar os temas através de uma programação multidisciplinar que promova a história local, nacional e internacional, dando a conhecer algumas personalidades cujas ações tiveram impacto na comunidade em que se inseriram e explorando o património cultural material e imaterial dos territórios representados.

A organização é uma parceria entre o Município de Tomar, a Junta de Freguesia Urbana e o Agrupamento de Escolas Templários, que estiveram representados na apresentação respetivamente pela vereadora Filipa Fernandes, pelo presidente Augusto Barros e pelo diretor Paulo Macedo.

Na ocasião foi também inaugurada a exposição “Essência”, que integra trabalhos de dois alunos de Artes da Escola Jácome Ratton: Margarida Sofia Neves e Rodriw. Uma mostra que se integra já no evento, sendo que os alunos concorreram para criar a imagem da “Essência”, cuja escolha recaiu num desenho de Margarida Neves.

Do programa fazem parte as atividades para todas as turmas do pré-escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico do concelho, dias 31 de maio e 1 de junho, no Mouchão; bem como a exposição “Em cada porta, um sorriso”, de 31 de maio a 9 de junho nos dois edifícios da Junta de Freguesia.

A 3 de junho, um dos pontos altos da “Essência”, o espetáculo “Poemas da Liberdade” pela Orquestra Zohra, uma orquestra feminina de mulheres afegãs refugiadas em Portugal, a ter lugar no Cine-Teatro Paraíso, pelas 21h30. A entrada custará 5 €, valor que servirá para ajudar a custear a compra de novos instrumentos, uma vez que usam ainda aqueles que conseguiram trazer consigo em condições precárias.

No dia 4, sábado, haverá teatro pelo Fatias de Cá na Quinta da Granja, dança de Amélia Bentes no Convento de Cristo e Festa da Música dos alunos do Agrupamento no Mouchão.

No domingo, 5, o Mouchão recebe Mostra do Ambiente e música pela Canto Firme.

No dia 6, workshop de Sofia Ângelo no Convento de Cristo (repete no dia seguinte), música pela Canto Firme e dança pela Sociedade Gualdim Pais, ambas no Mouchão, e espetáculo de Electroville Jukebox no auditório da Canto Firme.

Finalmente, na terça, dia 7 de junho, o Mouchão receberá ainda espetáculos de dança, música e teatro (pela Canto Firme, Gualdim Pais e Ágora) durante a manhã e, à tarde, espetáculo da Companhia de Teatro Templários e Concerto de Encerramento.

     Fonte: GCI|CMT

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.