Edição: 259

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/6/27

Quercus distingue praias com qualidade ambiental no arranque da época balnear

Região Centro acrescenta mais 23 praias (85%) à lista com “Qualidade de Ouro”

Praia Velha (Marinha Grande)

Na véspera do arranque da época balnear 2022, a Quercus divulga a listagem das 440 praias distinguidas com “Qualidade de Ouro”, um valor recorde na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais.

No total, foram distinguidas mais 47 praias face a 2021, com a Região Centro a registar a maior subida (de 23 praias, equivalendo a um incremento de 85%). Destaque também para o aumento acentuado das praias interiores com Qualidade de Ouro, 72 no total, um número também inédito.

Análise regional

Das 440 praias galardoadas em 2022, 359 são costeiras, 72 interiores e 9 de transição.

Analisando por regiões, verifica-se que a Região Tejo e Oeste voltou a ser registar o maior número de praias galardoadas (103), seguida do Região do Algarve (86) e da Região Norte (78). Nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira verificou-se uma subida de 12 e 5 praias galardoadas, o que representa uma subida percentual de 28% e 17%, respetivamente. A Região do Alentejo registou também uma subida significativa, de 26%.

A Região Centro conta com 27 praias costeiras e 23 interiores, enquanto a Região do tejo e Oeste conta com 74 praias costeiras, 28 interiores e uma de transição.

Critérios para atribuição do Galardão

De acordo com os critérios definidos em 2022, para receber a classificação de “Praia com Qualidade de Ouro”, a água balnear tem de respeitar os seguintes critérios:

  • Qualidade da água excelente nas últimas quatro épocas balneares de 2017 a 2020(*);
  • Todas as análises realizadas na última época balnear (2021) deverão ter apresentado resultados melhores que os valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas balneares; isto é, para águas costeiras e de transição, todas as análises deverão apresentar valores inferiores a 100ufc/100ml para os Enterococos intestinais e inferiores a 250ufc/100ml para a Escherichia coli, e para águas interiores, 200ufc/100ml e 500ufc/100ml, respetivamente;
  • Na última época balnear (2021), não poderá ter ocorrido qualquer tipo de ocorrência/aviso de desaconselhamento da prática balnear, proibição da prática balnear e/ou interdição temporária da praia.

Esta avaliação baseia-se na informação pública oficial disponível, tendo apenas em consideração as análises efetuadas nos laboratórios das diferentes Administrações Regionais Hidrográficas.

Bandeira “Praia Qualidade de Ouro” 2022

Todos os municípios nacionais com uma ou mais praias galardoadas receberam as instruções para a produção da bandeira “Praia com Qualidade de Ouro 2022”, não devendo ser utilizados modelos prévios da bandeira.

Além da atualização da logótipo da Quercus, a bandeira “Praia Qualidade de Ouro” assumirá em 2022 versões personalizadas em algumas zonas do país, fruto da parceria estabelecida entre a Quercus e empresas responsáveis pelo saneamento de águas residuais nas várias regiões, um processo determinante do ponto de vista ambiental e que pode influenciar a qualidade das águas balneares.

* Tendo em conta que, até ao fecho da presente lista, não foi ainda divulgada publicamente a classificação das águas balneares em relação ao ano de 2021, as atribuições atuais das Praias Qualidade de Ouro 2022 consideram apenas os últimos quatro anos conhecidos.

Praias da região dos Distritos de Leiria e Santarém e Região Oeste

Leiria – Pedrogão Sul, Pedrogão-Centro

Pombal – Osso da Baleia

Abrantes – Aldeia do Mato (Interior)

Alcobaça – Água de Madeiros, Légua, Paredes de Vitória, Pedra do Ouro, Polvoeira e S. Martinho do Porto

Caldas da Rainha – Foz do Arelho-Lagoa e Praia do Mar

Figueiró dos Vinhos – Ana de Aviz (Interior)

Lourinhã – Peralta, Porto Dinheiro e Valmitão

Mação -Cardigos e Carvoeiro (Mação) (Interiores)

Marinha Grande – Pedras Negras e Praia Velha

Nazaré – Nazaré e Salgado

Óbidos – Bom Sucesso e Óbidos Vale de Janelas

Ourém – Agroal (Interior)

Pedrógão Grande – Cabril (Interior)

Peniche – Baleal Norte , Baleal Sul, Baleal-Campismo, Consolação, Consolação Norte, Cova da Alfarroba, Gamboa, Medão-Supertubos, Peniche de Cima e S. Bernardino

Tomar – Alverangel e Montes e Vila Nova-Serra (Interior)

Torres Vedras – Amanhã (Santa Cruz),  Azul Centro (Santa Cruz), Física (Santa Cruz), Formosa, Foz do Sizandro-Mar, Mirante (Santa Cruz), Navio, Pisão (Santa Cruz), Porto Novo, Santa Helena, Santa Rita-Norte e Santa Rita-Sul

  Fonte: DN|Quercus

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.