Edição: 259

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/6/27

Centro Hospitalar do Oeste considera prematuro estabelecer qualquer relação de causa-efeito entre o encerramento da urgência obstétrica e este caso

Bebé morre no Hospital das Caldas da Rainha após cesariana de emergência

Unidade de Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste esclareceu esta sexta-feira, dia 10 de junho, que, na sequência da ocorrência grave com uma grávida no dia 8 de junho, que deu entrada de urgência na Unidade de Caldas da Rainha, resultando na morte do bebé após uma cesariana, foi aberto um processo de inquérito pela Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS).

Por isso, considera prematuro estabelecer qualquer relação de causa-efeito entre o encerramento da urgência obstétrica e o referido episódio.

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste lamenta profundamente a morte registada e endereça sentidas condolências a todos os familiares.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.