Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/19

Violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva

GNR detém dois homens por violência doméstica nos concelhos da Marinha Grande e Porto de Mós

O Comando Territorial de Leiria da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), nos dias 21 e 22 de junho, deteve dois homens de 32 e 37 anos por violência doméstica, em duas situações distintas, nos concelhos de Marinha Grande e Porto de Mós.

No decorrer de duas investigações distintas por crimes de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos infligiram, de forma reiterada, agressões físicas e psicológicas contra as vítimas, suas companheiras de 24 e 27 anos.

Aos detidos, após terem sido presentes ao Tribunal Judicial da Leiria, nos dias 22 e 23 de junho, foram-lhes aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos, por qualquer meio, com as vítimas e proibição de permanecerem nos locais de residência das mesmas ou nos seus locais de trabalho, ou em qualquer local onde se encontrem ou irão encontrar.

A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe:

  • No Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt;
  • Via telefónica, através do número de telefone: 112;

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.