Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/13

Opinião

Quinta de Santa Teresa e Quinta da Serra

Ana Cristina Tavares

Francisco de Azevedo Lima (1736-1783), que veio a ser proprietário da Quinta de Santa Teresa (como à frente iremos verificar), era irmão de Paulo de Azevedo Lima Pitta, por parte do pai. Lembramos que Paulo Pitta foi considerado o primeiro dono da Quinta do Retiro ou Quinta da Serra, Benedita. O pai de ambos era Cavaleiro da Ordem de Cristo, e conseguiu que todos os seus filhos professassem nesta Ordem. Domingos de Azevedo Lima já aforava a Quinta do Retiro, pertencente à Câmara de Santarém, no então denominado Casal da Guerra. Seu filho Paulo continuou a aforar, até que em 1780, surge já, como proprietário.

Francisco de Azevedo Lima foi filho de Domingos de Azevedo de Lima através do seu segundo casamento com D. Francisca Thomazia de Aquino Froes, a qual por sua vez, já tinha sido casada com o Alferes Antonio Correia Sardinha, também Cavaleiro da Ordem de Cristo, sendo que desta união resultaram mais filhos. Maria Antonia Ignês Correia da Silva Froes, fruto deste enlace, foi mãe de Thereza Josepha Francisca Pina, a qual veio a contrair matrimónio com Francisco de Azevedo Lima. Desta última união não houve descendentes.

A madrinha de batizado de Francisco de Azevedo Lima foi D. Geronima da Silveira Pitta Corte Real, tia-avó dos meios-irmãos de Francisco. A este propósito não deixa de ser curioso ler sobre a Igreja Matriz de Santa Catarina: “Tem esta Vila Casa de Câmara, Cadeia, (…) Sepultura do Rev. Dr. Francisco de Azevedo Lima, Pároco nesta Igreja (…) Aqui jaz D. Catarina Cristina da Silveira Pita Corte Real, filha do Capitão Manuel Andrade de Eça, faleceu a 28 de Dezembro de 1720 (548) = A mãe desta senhora foi D. Jerónima da Silveira.” [1] Nota: o sublinhado é da nossa autoria.

Já sobre Évora de Alcobaça, a mesma fonte refere na página 55: “ (…) na Quinta dos Velosos, denominada de Santa Teresa (202)[2], que é de Francisco de Azevedo Lima, Cavaleiro do Hábito de Cristo;”.

Muito curioso, porque na Quinta de Santa Teresa veio a nascer o Presidente da Câmara de Alcobaça e dono da Quinta da Serra (Benedita), José de Almeida e Silva (1853-1912), descendente da família Pitta e nesta Quinta estiveram instalados alguns boers, a convite deste seu proprietário. A filha de Almeida e Silva, Catarina, casou com Jacbus Abraham de Klerk, na dita Quinta.

Quantas histórias as 2 Quintas nos teriam para contar…

Ana Cristina A. Tavares

Mestre em Museologia e Museografia

[1] In, LEROUX, Gérard, Frei Manuel de Figueiredo: Memórias de Várias Vilas e Terras dos Coutos de Alcobaça (1780-1781), Editora: Jornal O Alcoa, Alcobaça, 2020:143.

[2] (202) Hoje dividida entre várias famílias e muito alterada.

[1] In, LEROUX, Gérard, Frei Manuel de Figueiredo: Memórias de Várias Vilas e Terras dos Coutos de Alcobaça (1780-1781), Editora: Jornal O Alcoa, Alcobaça, 2020:143.

[1] (202) Hoje dividida entre várias famílias e muito alterada.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ana Tavares

Agradeço a Alzira Serrano toda a informação sobre a a família do Alferes António Correia Sardinha.

Forum Terra Mágica das Lendas, CRL

Parabéns na por esta investigação que inclui a Quinta da Serra, tema que ainda temos muito para descobrir. Continua e partilha que é importante para todos nós. obrigada . Lucia