Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/19

Na Casa das Artes

Município de Porto de Mós atribui Prémios Dom Fuas ao ex-ministro Luís Amado e à associação de utentes Ur’Gente

Luís Amado à conversa com Ana Abrunhosa, Isabel Damasceno e Jorge Vala

A cerimónia de atribuição dos Prémios Dom Fuas teve lugar no dia 25 de junho, na Casa das Artes, e contou com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, do presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, do presidente do Instituto Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, da presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro, Isabel Damasceno, e do presidente do Compete 2020, Nuno Mangas.

Os Prémio Dom Fuas têm como finalidade estimular e reconhecer as iniciativas empreendedoras e inovadoras, no âmbito do desenvolvimento económico, social ou cultural do município, e que contribuem para a elevação do concelho e do país.

A Categoria Carreira pretende premiar e valorizar os portomosenses que aqui ou além-fronteiras tenham desenvolvido um percurso de sucesso ao nível profissional, social, ou outro, destacando-se nas mais diversas áreas de atuação.

Desta forma, entendeu o Município de Porto de Mós atribuir este prémio a Luís Amado, nascido em Porto de Mós em 1953.

Luís Amado foi secretário de Estado Adjunto do Ministro da Administração Interna, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, ministro da Defesa Nacional e ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros.

Atualmente desempenha funções em várias empresas e instituições de renome e é, ainda, autor da exposição patente na Central das Artes, “Step by Stone”.

A Categoria Responsabilidade Social pretende distinguir ações de âmbito nacional, regional ou local nas áreas social, científica, ambiental, cultural, desportiva, educacional ou familiar que promovam e incentivem o empreendedorismo.

Visa, igualmente, distinguir políticas e iniciativas ecológicas ou sociais que procurem melhorar significativamente a vida dos cidadãos.

Fundada em 2019 pela falta de respostas da administração de saúde à prolongada e persistente falta de médicos, a Ur’Gente constitui-se como associação de utentes, sem fins lucrativos, com o objetivo de ser parceira da UCSP de Porto de Mós, em representação dos utentes, sendo seu propósito ajudar a melhorar a prestação de cuidados de saúde à população e ser mediadora social na implementação de politicas públicas de saúde na área abrangida pela UCSP de Porto de Mós.

A Ur’Gente foi a primeira associação de saúde do país a ser reconhecida pelo Ministério da Saúde, cujo objeto é a defesa dos utentes do SNS no acesso aos cuidados de saúde primários.

São estes os motivos que movem a atribuição deste premio à Associação Ur’Gente.

Para além destes prémios, e como é habitual, foram ainda premiadas as empresas portomosenses PME Líder e Maiores Exportadoras do concelho de Porto de Mós.

 Fonte: PA|GC|CMPM

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.