Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/13

"De casa em obras, com 220 mil euros de trabalhos a mais, ao 1º lugar nacional"

Câmara da Batalha conquista 800 mil euros de fundos europeus para a “Casa da Obra”

“Casa da Obra”

O Movimento Independente Batalha é de Todos congratulou-se, no dia 9 de julho, pelo desenlace do projeto da residência para estudantes “Casa da Obra”, após a conquista de 800 mil euros de fundos europeus. O MIBT recorda que o atual Executivo do Município da Batalha, que lidera, herdou “uma empreitada que representava, para cada um dos munícipes, (mais) uma despesa faraónica. Só em erros e omissões relativos ao projeto de execução, numa empreitada de 700 mil euros acrescidos de IVA, registaram-se 220 mil euros de acréscimo.”

“Em outubro de 2021, quando o Movimento Independente tomou posse, deparou-se com a construção em fase avançada de uma “Residência de Estudantes”, a qual implicaria mais de um milhão de euros para todos nós pagarmos. Não se encontrava, sequer, assegurado protocolo, memorando ou outro documento com o Instituto Politécnico de Leiria, capaz de assegurar como contrapartida deste investimento, a instalação de cursos e formações a ministrar no Concelho da Batalha por esta instituição de ensino”, adianta.

Na sequência desta situação, “fruto da competência dos eleitos pelo Movimento do atual Executivo, os quais não ousam navegar em inverdades e se recusam em construir narrativas e demagogias vendáveis apenas para as redes sociais foi, em tempo recorde, elaborada uma candidatura que alcançou o primeiro lugar nacional quanto à avaliação da mesma”, sublinha.

Assim, “o Executivo conseguirá receber 800 mil euros unicamente garantidos pela atuação dos eleitos do Movimento Independente Batalha é de Todos. Pior do que aqueles que apenas continuam a viver das aparências, são aqueles a quem falta a humildade de não o mérito de uma conquista que, de forma discreta mas competente, se mostra agora alcançada com o resultado das avaliações das candidaturas realizadas por peritos independentes”, critica.

 

Residência vai receber estudantes do Politécnico de Leiria

“Sem este desfecho e sem a garantia do financiamento a fundo perdido, apenas agora concretizado e fruto da candidatura elaborada pelo atual Executivo, todos os batalhenses seriam obrigados a pagar mais de um milhão de Euros por um projeto sem qualquer rumo ou estratégia definidos até outubro do ano transato, ainda que com a adjudicação dos trabalhos efetuados a todo o vapor”, revela..

Para o MIBT, “passo lógico nesta relação de confiança e de proximidade que o Movimento Independente Batalha é de Todos tem vindo a desenvolver, apesar do ainda curto período de mandato, é a procura pelo respeito integral dos interesses dos batalhenses. Da causa pública acima das vontades privadas, a qualidade da atuação além da celeridade, a criação de valor, social, educacional ou económico.”

Aos batalhenses, o Movimento Independente Batalha é de Todos reitera a confiança que lhe foi depositada. “Contem connosco para diariamente colaborarmos com os batalhenses, procurando sempre fazer melhor, com clareza, transparência e verdade no superior interesse de todas e todos os batalhenses, restituindo, passo a passo, a confiança dos mesmos no Município, pois são esses os eixos fundamentais que estarão presentes no nosso mandato”, conclui.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.