Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/19

CDOS alerta para cuidados a manter devido à forte possibilidade de reacendimento

Leiria e Santarém com incêndios em fase de rescaldo

Bombeiros Voluntários do Cartaxo

Segundo os CDOS – Comando Distrital de Operações e Socorro de Leiria e Santarém, referiram ao Tinta Fresca, num balanço efetuado às 17h30 de 15 de julho, os incêndios de maiores dimensões que afetaram os dois distritos “estão em fase de resolução”. No distrito de Leiria o incêndio de Vale Sobreiro (Caranguejeira) e no distrito de Santarém, o incêndio de Cumeada (Freixianda) eram os que apresentavam mais preocupação com alguns reacendimentos. O CDOS apela à população para manter os cuidados essenciais para evitar a ocorrência de novas situações e revelou que devido à possibilidade de haver reacendimentos, resultantes das temperaturas elevadas, os meios irão manter-se no terreno.

No distrito de Leiria, o incêndio de Vale Sobreiro (Caranguejeira – Leiria) e Vale de Pia, na freguesia de Abiul (Pombal), que rapidamente chegou ao município vizinho de Ansião, foram os que provocaram mais preocupação, estimando-se que a área ardida ultrapasse os 4 mil hectares. Em relação ao levantamento do número de habitações, anexos ou outras estruturas ardidas, o CDOS de Leiria, referiu que ainda está a ser efetuado pela GNR.

Já no distrito de Santarém, segundo o CDOS, ainda não é possível saber os valores de área ardida, nem o número de infraestruturas, estando o levantamento a ser feito por diversas entidades.

No distrito de Santarém, o CDOS registou ainda vários incêndios: um industrial em Rio Maior e 6 florestais nos concelhos de Rio Maior, Abrantes, Santarém, Salvaterra de Magos, Benavente e Samora Correia. Estiveram envolvidos 225 homens, 51 veículos e 8 meios aéreos.

     Mónica Alexandre

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.