Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/13

No âmbito de investigações por tráfico e cultivo de produtos estupefacientes

GNR detém dois homens por cultivo de canábis em Porto de Mós e Alcanena

Plantas apreendidas pela GNR em Alcanena

O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Leiria, deteve, dia 25 de julho, um homem de 48 anos por cultivo de canábis, no concelho de Porto de Mós. No âmbito de uma investigação por tráfico e cultivo de produtos estupefacientes, os militares da Guarda realizaram diligências de investigação que culminaram com o cumprimento de um mandado de busca, culminando na apreensão de 12 pés de plantas de canábis.

O suspeito, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foi detido e será presente ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Porto de Mós, para aplicação das medidas de coação.

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Torres Novas, no dia 21 de julho, deteve em flagrante um homem de 50 anos por tráfico de estupefaciente, no concelho de Alcanena.

No seguimento de uma investigação que durou três meses, os militares da Guarda realizaram várias diligências policiais que permitiram surpreender o suspeito em flagrante, enquanto procedia ao cultivo e rega de plantas de canábis.

No decorrer da ação foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária e a um mandado de busca em veículo, tendo sido apreendido o seguinte material: duas plantas de canábis com cerca de dois metros, em avançado estado de maturação, 20 plantas de canábis, em estado de germinação, 12 500 euros em numerário, um telemóvel e material de corte e embalamento de produto estupefaciente.

O detido, com antecedentes pela prática do mesmo crime, foi constituído arguido, e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Torres Novas.

      Fonte: CTL|GNR e CTS|GNR 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.