Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/13

Jovem Orquestra Portuguesa, Rei Lear e bailado Memento são os destaques

Cistermúsica termina uma das suas maiores edições com "As Mais Belas Canções dos Musicais"

Academia de Dança de Alcobaça

Está a chegar o último fim de semana de uma das mais longas e ecléticas edições do Cistermúsica – Festival de Música de Alcobaça que nestes derradeiros dias torna a refletir na sua programação uma enorme diversidade de propostas artísticas. É já na próxima quinta-feira, dia 4 de agosto, às 21h30, na Cerca do Mosteiro de Alcobaça, que se começam a desenhar os momentos finais: a Jovem Orquestra Portuguesa (JOP) sobe ao palco, sob a direção de Pedro Carneiro, para desempenhar obras de Alexandre Delgado e Anton Bruckner. A JOP, a única orquestra que representa Portugal no maior festival de jovens orquestras do mundo, é uma seleção nacional de jovens músicos portugueses, entre os 14 e os 24 anos, sem distinção da origem académica ou capacidade financeira, escolhidos em audições nacionais anuais.

No dia seguinte, sexta-feira, a 5 de julho, às 21h30, o Claustro da Hospedaria do Mosteiro de Alcobaça acolhe o concerto encenado Rei Lear, a partir da tragédia de Shakespeare, com música de Alexandre Delgado que será interpretada pelo Toy Ensemble. A presente versão foi uma encomenda do Centro Cultural de Belém para esta formação, que estreou nos Dias da Música em 2019. Para este desafio lançado por André Cunha Leal, Alexandre Delgado fez uma sobreposição contínua de música e declamação, com base na tradução de Álvaro Cunhal. A um quinteto de piano, oboé, clarinete, violino e violoncelo, juntam-se o tenor Carlos Guilherme como Bobo e o próprio Alexandre Delgado como declamador das restantes personagens.

Sofia Escobar

Pouco depois do fim do espetáculo anterior, ainda na mesma noite e sempre no Mosteiro de Alcobaça, a Companhia de Dança de Alcobaça apresenta em vários espaços do monumento, a partir das 22h30, o bailado Memento com coreografia de Rita Abreu e dos próprios intérpretes — a entrada é livre. Na sinopse pode ler-se: “Das páginas destes velhos livros, surgem personagens de outros tempos. Lembranças de amores proibidos, outrora vividos e sentidos. Amores trágicos e infelizes, memórias imortais, eternamente presentes.”

Finalmente, para terminar em grande a 30.ª edição do Cistermúsica, a Cerca do Mosteiro de Alcobaça recebe a Banda Sinfónica de Alcobaça, com direção do inevitável Rui Carreira, e uma convidada especial, Sofia Escobar, para aí apresentarem um irresistível programa que evoca As Mais Belas Canções dos Musicais. Composto por músicas imemoriais de obras-primas como O Fantasma da Ópera, West Side Story, Cats ou O Feiticeiro de Oz, poderemos ouvir igualmente nesta noite temas de Tanto Mais, o primeiro álbum de originais da cantora, lançado recentemente.

Sofia Escobar já vestiu a pele de Christine Daaé, a personagem principal de O Fantasma da Ópera de Andrew Lloyd Webber, e assumiu o icónico papel de Maria na produção comemorativa do 50.º Aniversário de West Side Story, de Leonard Bernstein, no West End de Londres. Atualmente é jurada do concurso televisivo Got Talent Portugal tendo participado  também nas edições de 2015, 2016 e 2019.

Bilhetes à venda em: https://blueticket.meo.pt/Tags/cistermusica

     Fonte: DM|DC|AMA

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.