Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/26

Leiria

Grupo Lusiaves avança com primeiro parque fotovoltaico no âmbito do Leilão Solar 2019

Central Fotovoltaica da Quinta da Cruz, no concelho de Soure, representam um investimento de 10 milhões de euros

Grupo Lusiaves, com sede em Leiria, é a primeira empresa a colocar em pleno funcionamento um parque fotovoltaico, resultante do Leilão Solar promovido pelo Ministério do Ambiente e da Transição Energética. Os 30 mil módulos da Central Fotovoltaica da Quinta da Cruz, no concelho de Soure, representam um investimento de 10 milhões de euros.

A Made Better, participada do Grupo Lusiaves, colocou em funcionamento, neste mês de Agosto, um parque fotovoltaico com capacidade instalada de 17,37 megawatts, no concelho de Soure. O Grupo Lusiaves torna-se assim a primeira empresa a colocar em pleno funcionamento um parque fotovoltaico resultante do Leilão Solar promovido pelo Ministério do Ambiente e da Transição Energética em 2019.

Os 30 mil módulos da Central Fotovoltaica da Quinta da Cruz (em Soure) – uma das 65 que o Grupo Lusiaves tem a nível nacional -,  representam um investimento de cerca de 10 milhões de euros, totalizam uma capacidade instalada de 17,37 MW e uma produção anual que será suficiente para fornecer eletricidade a mais de 8000 habitações familiares portuguesas.

Segundo o Presidente do Grupo Lusiaves, comendador Avelino Gaspar, “desde há vários anos que o Grupo Lusiaves tem vindo a apostar fortemente na transição energética. Não apenas porque tornamos as nossas empresas mais competitivas e sustentáveis, ao passarmos a produzir localmente a nossa energia limpa, a ter processos produtivos mais eficientes e a aplicar modelos de economia circular. Mas, sobretudo porque, com esta redução das emissões de CO2, estamos a dar um importante contributo para limitar as mudanças climáticas e a evitar o consumo excessivo de recursos do planeta.”

Graças à adoção de soluções ambientalmente sustentáveis, o grupo empresarial fica agora com uma capacidade instalada, a nível nacional, de 32MW megawatts de produção de energia elétrica a partir da energia solar, sendo uma parte para autoconsumo e a outra para venda à rede.

O Grupo Lusiaves, através da empresa Made Better, possui unidades de produção de energia dispersas a nível nacional, com 83 instalações, 46 designadas de Unidades de Pequena Produção (UPP) com o acumulado de 6 megawatts instalados; 37 unidades de Unidade de Produção de Autoconsumo (UPAC) com o acumulado de 8,6 megawatts instalados; e um Centro Eletroprodutor, na Quinta da Cruz, com 17,37 megawatts ligado à rede pública de distribuição em alta tensão através de uma subestação de 60kV própria.

Os investimentos em 2022, entre a Central Fotovoltaica de Soure e as UPAC, superam já os 15 milhões de euros, sendo de extrema importância para a empresa esta aposta numa solução de relação de custo da energia, cujo valor tem sofrido aumentos significativos nos últimos tempos.

A par destes investimentos em soluções ambientalmente sustentáveis, o Grupo Lusiaves e o Banco BPI S.A procederam na passada semana à emissão de obrigações verdes (Green Bonds), no montante de 25 milhões de euros. Esta verba destina-se a financiar diversos projetos de sustentabilidade do grupo empresarial, entre os quais a instalação de novos parques fotovoltaicos, de novas unidades para autoconsumo de energia renovável de base fotovoltaica e das mais modernas tecnologias de eficiência energética e instalação de centrais de biomassa.

A Made Better, fundada em 2012, conta, atualmente, com cerca de 32 megawatts instalados, através de mais de 68 mil módulos solares de diversas potências. Esta atividade permite evitar anualmente a emissão de aproximadamente 15 mil toneladas de CO2, valor equivalente a cerca de 130 milhões de quilómetros percorridos de automóvel ou fornecer energia elétrica a 14.429 habitações.

Para garantir uma produção eficiente da energia fotovoltaica, a empresa dispõe ainda de equipas profissionais para garantir permanentemente, através das mais modernas tecnologias, a monitorização, a higienização e a manutenção preventiva dos painéis solares, equipas que atuam em todo o território nacional conforme a localização de cada instalação.

 Sobre o Grupo Lusiaves

O Grupo Lusiaves, um dos maiores grupos empresariais de Portugal, é o maior grupo do setor avícola e agroalimentar nacional. É líder nacional da produção avícola com uma presença relevante no mercado internacional.

A estratégia de verticalização adotada levou o Grupo a incorporar um diversificado conjunto de atividades, com mais de 30 empresas em várias áreas de negócio, que pretendem assegurar toda a cadeia de produção, sustentando, direta ou indiretamente, a atividade principal.

O Grupo Lusiaves emprega cerca de 4.000 colaboradores, dos quais 3.700 são colaboradores diretos. Com mais de 40 instalações e 65 quintas de produção, está presente em 24 concelhos, produz anualmente mais de 110 milhões de pintos e mais de 460 mil toneladas de ração. Exporta para mais de duas dezenas de mercados internacionais, em quatro continentes.

    Fonte: GL

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.