Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/26

Em resposta à situação crítica de seca no país e aos constrangimentos europeus ao nível da energia

Município de Leiria reforça medidas de poupança de água e de energia

O Município de Leiria apresentou esta terça-feira, dia 9 de agosto, em reunião de Câmara, dois pacotes de medidas a implementar no âmbito da gestão da água e da poupança e eficiência energética, em resposta à situação crítica de seca no país e aos constrangimentos europeus ao nível da energia.

Reforçando as iniciativas anunciadas em fevereiro, Luís Lopes, vereador do Ambiente, destacou a necessidade de dar continuidade a algumas das ações em curso e de colocar em prática novas medidas, tais como a realização e/ou atualização de um inventário dos recursos públicos e privados disponíveis no concelho, que poderão ser mobilizáveis em caso de agravamento da situação.

Paralelamente, serão adotadas boas práticas de rega, nomeadamente com a programação dos sistemas para funcionamento em períodos noturnos, tendo já sido solicitada a colaboração dos diversos parceiros para determinados procedimentos, como por exemplo a interdição temporária do uso de água da rede para usos não potáveis ou a não lavagem de ruas com recurso a água da companhia.

Ainda no setor hídrico, o vereador falou da utilização de fontes alternativas de água para as missões de proteção e socorro e da implementação de um programa de educação designado de “Escola Verde” dirigido a todas as escolas, iniciativa que irá também abordar os comportamentos em defesa da poupança e da eficiência energética.

A este nível, de acordo com Carlos Palheira, vereador com o pelouro da Iluminação Pública, para quem o Município não podia ficar alheio às circunstâncias atuais, as luzes de todos os monumentos e edifícios municipais, com exceção do Castelo, serão desligadas a partir da meia-noite, bem como as fontes públicas com elevados consumos de energia (Fonte Luminosa, fonte da zona desportiva e fontes do Jardim Luís de Camões), medidas a pôr em prática nos próximos dias.

A intensidade da iluminação em algumas zonas urbanas será diminuída a partir de determinada hora e, no que ao Município diz respeito, não só está em curso uma campanha de sensibilização a todos os funcionários camarários, como também serão realizadas auditorias energéticas e instalados painéis fotovoltaicos em todos os edifícios municipais.

     Fonte: DCRP|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.