Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/27

Lourinhã

Colónia Balnear de Castelo Branco requalificada na Areia Branca com investimento de 4 milhões

Praia Fluvial de Penha Garcia, na CIM de Castelo Branco

O Município da Lourinhã informou esta sexta-feira, dia 26 de agosto, após anos de impasse quanto ao destino do equipamento propriedade da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), que será lançado, já em setembro, um concurso de ideias para a elaboração de um projeto de recuperação do referido edifício. Este processo está a ser dirigido pela CIMBB, em articulação com a Câmara Municipal da Lourinhã e com a Ordem dos Arquitetos.

Esta requalificação prevê instalar um equipamento de hotelaria, tirando partido daquela área litoral, designadamente a prática do surf, e conjugar uma oferta que sirva os municípios que integram a CIMBB, num investimento aproximado de 3,8 a 4,2 milhões de euros.

Em declarações à Agência LUSA, esta Comunidade Intermunicipal reconheceu o empenho do executivo municipal da Lourinhã para resolver este processo, e indicou que a última alteração ao Plano Diretor Municipal (PDM), promovida pela autarquia em 2017, “acautelou a questão do edificado da própria colónia, dando capacidade para ali se fazer a sua requalificação”.

A Colónia Balnear de Castelo Branco da Areia Branca situa-se junto à Praia do Areal Sul, encontrando-se devoluto e profundamente degradado, sem utilização desde 2008, quando encerrou por falta de condições.

O município da Lourinhã tem executado um forte investimento na gestão do litoral,
nomeadamente, nas acessibilidades, proteção ambiental e segurança das praias vigiadas, sendo que, na Praia do Areal Sul, foi concluída a reordenação do espaço, o prolongamento e levantamento da zona pedonal, que liga à Praia da Areia Branca Foz e ainda a replantação de espécies autóctones em meio dunar.

Desta forma, congratula-se a CIMBB por finalmente avançar com a requalificação daquele espaço, de elevado valor ambiental e turístico, ao encontro do desenvolvimento sustentável que a autarquia quer para todo o seu território.

   Fonte: IL|GCI|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.