Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/27

Investimento de cerca de meio milhão de euros

Câmara de Torres Novas aprova abertura de concurso para a «Renaturalização do Corredor Ecológico do Almonda-1ª Fase»

Rio Almonda em Torres Novas

A abertura do procedimento de concurso público da empreitada «Renaturalização do Corredor Ecológico do Almonda – 1ª Fase» foi aprovada na reunião da Câmara Municipal de Torres Novas de 31 de agosto. O orçamento para esta intervenção totaliza 471 699,05 euros (acrescido de IVA) e o prazo de execução é de 210 dias.

A empreitada que se propõe visa a valorização do rio Almonda, assumindo-o como um corredor ecológico estruturante que permita a conexão de vários locais do concelhos, em particular entre a zona do Mercado Municipal e a zona próxima da Associação Empresarial da Região de Santarém (NERSANT) e da Autoestrada da Beira Interior (A23/IP6).

A intervenção preconizada encontra-se dividida em quatro ações gerais: limpeza do leito e margens e erradicação de espécies vegetais invasoras (remoção de detritos depositados, quer sejam resíduos ou materiais naturais arrastados, sedimentos que impeçam a normal circulação da água, elementos arbóreos que potenciem locais de estrangulamento); reperfilamento e estabilização das margens (através da aplicação de sementeiras, estacaria ou faxinas vivas; reperfilamento de taludes e aplicação de biarrolo ou colocação de cribwall); requalificação da galeria ripícola e da vegetação das margens (através do restauro do ecossistema ripícola e a recolonização pelas comunidades que lhe estão naturalmente associadas); criação de percurso associado a espaços de estadia e de observação de natureza.

O projeto prevê a criação de um percurso pedonal e ciclável que se desenvolve ao longo deste troço do rio AImonda, com início na zona do recinto do Mercado Municipal, junto à Avenida 8 de Julho e prolonga-se até à zona do açude do Moinho da Cova, mais concretamente até à rua do Moinho da Cova, local onde o mesmo é desviado e volta a ter continuidade nessa mesma rua, já na margem direita do rio Almonda.

A partir desse local, este percurso desenvolve-se sempre paralelo ao rio, cruzando a rua dos Mesiões e culminando no ponto de observação da natureza localizado na zona próxima à Autoestrada da Beira Interior (A23).

     Fonte: DTICMA|CMTN

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.