Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/27

Proposta vai ser votada no dia 19 de setembro

PSD Batalha defende criação de seguro de saúde para todos

André Loureiro

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal da Batalha apresentaram esta segunda-feira, dia 5 de setembro, na reunião do executivo municipal, uma proposta que visa instituir um seguro de saúde gratuito para os munícipes, complementar à oferta do atual SNS a nível local, cobrindo serviços de cuidados de saúde de clínica geral e demais especialidades médicas, análises clínicas, meios complementares de diagnóstico e diversos outros atos médicos, o que eliminará ou reduzirá substancialmente o custo do acesso a cuidados de saúde.

Para os eleitos do Partido Social Democrata, “o objetivo primordial desta iniciativa é prevenir a doença, prolongar a vida e promover a existência saudável, porque o município deve ser um verdadeiro ente de fins gerais, com um papel e ação cada vez maiores na promoção do bem-estar e na satisfação das necessidades das suas populações”, refere-se na proposta entregue ao presidente da autarquia.

O designado “Cartão Municipal de Saúde” justifica-se, segundo os autarcas do PSD, “porque há no concelho problemas ao nível da saúde, sobretudo nas freguesias de São Mamede e Reguengo do Fetal, por escassez de médicos e de serviços complementares de saúde, pelo que o município tem o dever de assumir um papel mais interventivo e proativo para resolver este preocupante problema”.

Esta proposta, referem ainda os eleitos, segue a experiências bem-sucedidas dos municípios de Figueira de Castelo Rodrigo, Guarda ou mais recentemente de Porto de Mós, autarquias que adotaram a oferta do Cartão de Saúde Municipal, uma medida que contribui para esbater as desigualdades em saúde entre quem reside em áreas rurais, periféricas, e face às zonas urbanas com maior oferta de serviços públicos de saúde.

Nas contas dos vereadores do PSD este projeto na área da saúde comporta um custo financeiro anual para o Município da Batalha na ordem dos 75 mil euros, valor ajustável no Orçamento Municipal para 2022 e a compensar com o aumento da receita fiscal municipal.

A proposta foi entregue e apreciada esta segunda-feira em reunião do executivo, e a pedido do presidente da Câmara, a sua votação foi adiada para a próxima reunião de câmara de 19 de setembro, tendo os eleitos do PSD sublinhado a importância da aprovação da medida para entrar em vigor no imediato, uma vez que com o retomar do processo de vacinação à Covid-19, é natural que os serviços públicos de saúde venham a conhecer maior pressão no atendimento.

Para André Loureiro, vereador eleito do PSD “o seguro de saúde municipal para todos é uma medida de enorme alcance social e de efetiva melhoria da qualidade de vida no concelho da Batalha, seja em São Mamede ou na Batalha, todos terão acesso aos cuidados de saúde por igual”.

    Fonte: PSD|Batalha

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.