Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/27

Projeto visa a requalificação da antiga Albergaria Nobre

Residência da Marinha Grande integra o Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior

Aurélio Ferreira assinou o contrato

O presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Aurélio Ferreira, assinou o contrato de financiamento para a requalificação da antiga Albergaria Nobre, no âmbito do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), numa cerimónia realizada na Academia das Ciências de Lisboa, na tarde desta quinta-feira, 15 de setembro, que contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, e da ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato.

O presidente da Câmara, Aurélio Ferreira, congratula-se com esta medida “que vai assegurar o direito de estudantes do ensino superior deslocados a habitação condigna, através da redução dos respetivos custos, em especial para os estudantes social e economicamente mais vulneráveis, trazendo-os para a Marinha Grande”. Por outro lado, “este programa vai permitir reabilitar um imóvel antigo e contribuir para a dinamização do centro tradicional da cidade”, acrescenta.

O projeto do edifício da antiga Albergaria Nobre, localizado na Rua Alexandre Herculano, foi submetido a candidatura pelo Município da Marinha Grande, na qualidade de promotor líder, em parceria com o Politécnico de Leiria, em 28 de fevereiro de 2022, na fase de manifestação de interesses, na qual foram concorrentes 202 candidaturas. Após ter passado por várias fases de avaliação, o projeto do Município da Marinha Grande foi aprovado para o financiamento no montante total de €2.481.780. O montante total do investimento estima-se em €2.991.719, onde estão incluídos o valor da aquisição do imóvel e custo do projeto.

Autarcas presentes na cerimónia com o primeiro-ministro

A adaptação do edifício existente, com características que permitem projetar a disponibilização de uma residência com capacidade de 76 camas, permite ambicionar uma solução capaz de dar resposta à procura que se verifica e projeta com o crescente volume de investigadores e projetos de investigação internacionais, em desenvolvimento na cidade de Marinha Grande.

Na sessão realizada na Academia das Ciências de Lisboa, foram assinados os termos de aceitação de 119 contratos de financiamento do PNAES, entre a Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação e as entidades promotoras de projetos financiados pelo PRR, no âmbito do Plano Nacional de Alojamento para o Ensino Superior, num valor total de financiamento de 375 milhões de euros, que vão permitir criar 15.800 camas.

Os alojamentos para estudantes do ensino superior financiados através deste PRR não têm fins lucrativos, pelo que os preços dos alojamentos serão regulados tendo por base o valor do IAS.

 Fonte: GCI|CMMG

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.