Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/27

Incubadora foi apresentada a potenciais parceiros

Oeste Respira: Torres Vedras vai ter uma incubadora de inovação social

Sessão de trabalho teve como objetivo apresentar o projeto a potenciais parceiros

Torres Vedras vai ter uma incubadora de inovação social, que irá apoiar o desenvolvimento de produtos e serviços com impacto na qualidade de vida das pessoas, usando como ponto de entrada a saúde mental. A aposta nesta área surge pela necessidade de criar respostas para a promoção da saúde mental em Portugal e, em particular, na Região Oeste.

A incubadora Oeste Respira irá funcionar nas vertentes de aceleração e incubação de projetos e dinamizará um programa de eventos e campanhas. Para criar este ecossistema de saúde mental, serão encontrados parceiros para integrar no projeto recursos de capacitação que sirvam o objetivo comum. A própria incubadora, também, disponibilizará os seus recursos para servir projetos e iniciativas dos parceiros.

No dia 16 de setembro, decorreu uma sessão de trabalho que teve como objetivo apresentar o projeto a potenciais parceiros, nomeadamente municípios do Oeste, incubadoras de inovação social e empresariais nacionais, entidades de saúde públicas e privadas, universidades, e entidades da economia social local.

Este projeto da Câmara Municipal de Torres Vedras surgiu no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU). O início da implementação do mesmo decorre de uma candidatura às Parcerias para o Impacto – Portugal Inovação Social, apresentada pelo consórcio composto pelo Académico de Torres Vedras (ATV) e pela Valor Partilhado. O projeto, no valor de 93.975 €, obteve financiamento até maio de 2023, sendo comparticipado em 70% pelo Portugal 2020 (Fundo Social Europeu) e em 30% pela Câmara Municipal de Torres Vedras.

   Fonte: ACM|CMTV

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.