Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/27

Com soluções práticas e limpas de energia para o futuro da mobilidade elétrica

Projeto do Politécnico de Leiria vence Prémio de Cocriação de Inovação

Equipa vencedora do Prémio de Cocriação de Inovação

O projeto “Future of Electric Mobility”, desenvolvido por uma equipa de estudantes e docentes do Politécnico de Leiria e de estudantes do Brasil e Índia, foi o grande vencedor do Prémio de Cocriação de Inovação, no âmbito do Link Me Up – 1.000 Ideias. O objetivo do projeto consiste em apresentar soluções práticas e limpas de energia para o futuro da mobilidade elétrica em todo o mundo, democratizando a procura e o fornecimento de energia. Para tal, incorpora a micro mobilidade, ou seja, mobilidade micro e multimodal, através de baterias não tóxicas de enxofre e sódio. Estas baterias permitem o armazenamento de energia criada e uso, quando necessário.

A entrega do prémio teve lugar no dia 15 de setembro, no Politécnico de Beja, no âmbito do evento nacional do Link Me Up. O projeto foi desenvolvido por uma equipa constituída por Paulo Lourenço, estudante da licenciatura em Engenharia Automóvel, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria, Maria Inês Silva, estudante da licenciatura em Marketing Turístico, da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) do Politécnico de Leiria, Leandro Neves Sousa, estudante de Engenharia Automóvel, da ESTG do Politécnico de Leiria, Adriano Gatti Moreira, do estudante em Engenharia de Automação e Controlo do Instituto Federal Fulminense (Brasil), e Archee Verma, estudante em Engenharia Mecânica, do Vellore Institute of Technology (Índia).

A equipa foi apoiada pelos professores Marcelo Gaspar e Luís Serrano, da ESTG, este último representando também o Centro de Investigação Inteligente para a Mobilidade Sustentável, entidade parceira.

O Link Me Up – 1.000 Ideias é um projeto liderado pelo Politécnico de Leiria, e engloba um consórcio de 13 politécnicos portugueses, de Norte a Sul do país. O projeto consiste na constituição de equipas multidisciplinares de estudantes de diversas áreas, colaboradores de empresas/organizações e docentes que são os “facilitadores” do processo de cocriação de inovação. As equipas têm de resolver casos, ou seja, problemas/desafios reais que as empresas/organizações colocam e para os quais se procuram respostas, numa perspetiva de apresentação de sugestões e de orientação estratégica futura.

O processo de cocriação de inovação com a metodologia Demola desafia os estudantes de ensino superior, em cocriação com as organizações globais e locais, a criar um futuro melhor. O processo implica a angariação e seleção das empresas/organizações, a redação dos casos, a angariação e seleção dos estudantes. O projeto inicia-se com a apresentação por parte de uma empresa, de um problema/desafio que pode consistir num tema, análise de um fenómeno ou uma tecnologia, que interessa compreender, para abrir novas possibilidades de negócio, ou ajudar aos negócios atuais.

A nível nacional, o projeto Link Me Up – 1.000 Ideias conta com 491 casos desenvolvidos, envolvendo aproximadamente 2.500 estudantes, 570 facilitadores e 462 empresas e instituições. O objetivo do projeto é atingir, até à sexta edição, em 2023, 1.000 ideias, ou seja, 600 casos de cocriação de inovação e 400 ideias de negócio, e o envolvimento de 4.835 estudantes e 600 empresas, bem como gerar a criação de 50 empresas.

O Link Me Up – 1.000 Ideias conta com um investimento de 5,9 milhões de euros e um financiamento de 4,7 milhões de euros de Fundo Social Europeu, através do programa Compete 2020, Portugal 2020 e União Europeia. Mais informações sobre o projeto podem ser consultadas em https://www.ipleiria.pt/projeto/link-me-up-1000-ideias/.

     Fonte: Midlandcom

 

 

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.