Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/30

Intervenção teve o custo de cerca de 270 mil euros

Requalificação na encosta norte do Castelo de Porto de Mós alarga rede de circuitos

Jorge Vala inaugurou as obras de Requalificação da Encosta Norte do Castelo de Porto de Mós

As obras de Requalificação da Encosta Norte do Castelo de Porto de Mós foram  inauguradas no dia 26 de setembro, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Jorge Vala.

A intervenção teve o custo de cerca de 270 mil euros e assumiu como principais objetivos promover o alargamento da rede de circuitos entre o Castelo e a sua envolvente, nomeadamente através de um acesso pedonal até à Fonte do Castelo. Visou, ainda, dotar os percursos pedonais de melhores condições de mobilidade, melhorar a qualidade estética e paisagística do local e reabilitar a Fonte do Castelo, incluindo a escadaria de acesso, garantindo a sua proteção e valorização.

No âmbito lúdico-pedagógico, foram criados melhoramentos nas áreas de estadia, através da colocação de sinalização informativa associada aos circuitos. Ao nível da circulação de veículos, foram criados locais adequados para a paragem de autocarros e veículos ligeiros, de apoio aos visitantes, localizados junto à área urbana, contribuindo deste modo para a redução dos acessos automóveis nas imediações do Castelo. É, ainda, proposta uma zona de lazer com um miradouro e o acesso pedonal à rede de percursos de acesso ao Castelo e à Fonte do Castelo através de escadaria em madeira.

Novo passadiço de acesso ao Castelo

Se o Castelo de Porto de Mós é o ex-libris do concelho, a zona que o envolve é repleta de histórias e lendas que acompanham as memórias dos portomosenses.

O Projeto de Requalificação da Envolvente do Castelo de Porto de Mós permitiu, em primeira instância, dignificar e preservar um espaço com história e peso na cultura popular local.

Por outro lado, tornou aprazível ao visitante, a área circundante ao castelo, estendendo a sua visitação até à zona da Fonte do Castelo, onde é notório o valor patrimonial e paisagístico existente, tanto pela presença dos elementos arquitetónicos, como pelo contexto geomorfológico do terreno e presença de uma mancha remanescente de floresta autóctone de carvalho-cerquinho, que estabelece a transição para o mosaico agrícola que se estende na paisagem.

Visitação prolonga-se agora até à zona da Fonte do Castelo

“Há uma fonte por detrás do Castelo de Porto de Mós. E dizem os mais antigos, que quem beber da água da fonte do Castelo nunca mais sai de Porto de Mós. Tanto que moram aqui em Porto de Mós pessoas naturais de várias zonas do país…“ *

*Histórias por contar (2011, maio 13). Lenda da Fonte do Castelo.

Disponível em http://historiasporcontar2011.blogspot.com/p/detalhes-do-nosso-livro.html

     Fonte: JM|GAP|CMPM

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.