Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/30

PSP deteve três cidadãos

Operação Arcanjo fiscaliza vida noturna na cidade das Caldas da Rainha

Caldas da Rainha

O Comando Distrital de Leiria da PSP, através da Divisão Policial de Caldas da Rainha, na noite de sexta-feira e madrugada de sábado, dia 1 de outubro, desenvolveu no terreno uma Operação Policial com vista à deteção de grupos de risco que habitualmente frequentam artérias e estabelecimentos de bebidas no centro da cidade de Caldas da Rainha.

Esta operação teve, essencialmente, um duplo objetivo: o de prevenir a criminalidade e de aumentar o sentimento de segurança.

Tratou-se de uma Operação Especial de Prevenção Criminal, com enquadramento legal no regime jurídico das armas e munições, e contou com o reforço da Unidade Especial de Polícia, na vertente Grupo Operacional Cinotécnico, bem como com o empenho de várias valências como o trânsito, patrulha, intervenção rápida, investigação criminal e fiscalização policial.

No decurso da referida Operação foram detidos três cidadãos pelos crimes de desobediência, condução em estado de embriaguez e condução de veículo sem habilitação legal. Trata-se de dois homens, com idades de 34 e 67 anos, e uma mulher de 21 anos.

Além destes resultados foi ainda apreendido estupefaciente a dois jovens, no âmbito do regime contraordenacional/posse para consumo.

Foram também elaborados cerca de 20 autos de contra-ordenação por infrações rodoviárias e no âmbito do regime jurídico da segurança privada.

.Com esta operação policial o Comando Distrital de Leiria acredita ter reforçado a tranquilidade pública da comunidade residente e que diariamente protege. A PSP reitera que manterá especial atenção em fenómenos de criminalidade violenta e grave que afetam a segurança dos nossos concidadãos.

Aproveita ainda para apelar a toda a população para a necessidade de comunicação e participação às autoridades de quaisquer atitudes e comportamentos que considerem suspeitos, pois será um forte contributo para o combate ao crime de modo mais eficaz e, assim, incriminar os seus responsáveis.

     Fonte: CDL|PSP

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.