Edição: 283

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/6/25

Consórcio desempenha um papel crucial nas ciências marinhas

Professora e investigadora do Politécnico de Leiria eleita membro do Comité Diretivo do EuroMarine

Maria Manuel Gil

Maria Manuel Gil, professora e coordenadora do polo do Politécnico de Leiria do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), foi eleita membro do Comité Diretivo do EuroMarine, um consórcio que tem como missão apoiar a identificação de tópicos emergentes na área das ciências do mar, bem como fomentar novos serviços relevantes para a comunidade científica.

O consórcio EuroMarine é composto por mais de 50 organizações académicas e de investigação europeias de mais de 20 países, ativas nas ciências do mar, sendo o MARE um dos membros.

«Considerando a dimensão desta rede, a área científica de atuação, a sua internacionalização e a sua missão e objetivos, era estratégico para o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente ter um(a) investigador(a) no Comité Diretivo, motivo pelo qual, e por decisão da direção do MARE, apresentei a minha candidatura», explica Maria Manuel Gil, cujo mandato enquanto membro do Comité Diretivo é de dois anos, renovável automaticamente até seis anos.

De acordo com a professora e investigadora, «é também importante para o Politécnico de Leiria a presença dos seus docentes em órgãos de redes internacionais, pois irá certamente potenciar a internacionalização da investigação, aumentar a possibilidade de estabelecer novas redes colaborativas europeias e aumentar o reconhecimento internacional do seu quadro de docentes e da instituição».

Enquanto rede interdisciplinar, internacional e colaborativa, o EuroMarine desempenha um papel crucial na criação e facilitação de financiamento, formação, trabalho em rede e outras oportunidades para investigadores e organizações que trabalham nas ciências marinhas.

Para além de apoiar a investigação, o consórcio atua como uma organização de defesa da ciência marinha através da prestação de aconselhamento especializado para apoiar e influenciar a política e governação marinha europeia.

       Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.