Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/4

Previsões para o próximo ano

Câmara da Batalha vai ouvir empresários sobre perspetivas face à grave crise energética e à instabilidade dos mercados

Parque Industrial da Jardoeira

A Câmara da Batalha vai promover, ainda no mês de outubro, diversos encontros setoriais com os maiores empresários do Concelho com o intuito de analisar, face à grave crise energética e à instabilidade dos mercados, que perspetivas se afiguram para o próximo ano.

Depois de conhecido o cenário macroeconómico do Governo que serviu de base à construção da proposta de Orçamento para o próximo exercício e que é antecipado um abrandamento da economia para 1,3% e uma inflação de 4%, torna-se fundamental ouvir os empresários do concelho com o intuito de potenciar a cooperação empresarial entre Autarquia e um dos maiores ativos do território: as empresas.

Pretende-se ainda que no final destes encontros, que contarão com o envolvimento e parceria da NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, seja dado a conhecer ao Governo os anseios e as propostas dos empresários do Concelho da Batalha capazes de atenuar os impactos da forte retração económica que se perspetiva para 2023.

Ao ouvir os empresários, numa altura de grande instabilidade dos mercados e de uma inflação galopante, “a Câmara da Batalha assume o seu papel de proximidade ao tecido produtivo e efetuará todos os esforços para que junto do Governo as pretensões dos empresários sejam ouvidas”, esclarece Raul Castro, Presidente da Câmara da Batalha.

Aponte-se que na componente energética e dos seus custos associados à comercialização e distribuição, a Câmara da Batalha, conjuntamente com mais de uma dezena de entidades, já encetou os trabalhos para a constituição de uma CER – Comunidade de Energia Renovável, num ambicioso projeto que para além de produzir e consumir, também partilha, armazena e vende a energia excedente.

Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.