Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/4

12ª edição dos Prémios Ibermuseus de Educação

Projeto pedagógico ambiental vale prémio internacional ao Museu da Comunidade Concelhia da Batalha

O MCCB – Museu da Comunidade Concelhia da Batalha foi novamente distinguido com um prémio internacional, desta feita na 12ª edição dos Prémios Ibermuseus de Educação.

O projeto premiado, lançado em 2022 pelo MCCB e denominado “O Património e a Biodiversidade na Batalha em torno do Rio Lena – Conhecer para Proteger” consiste num programa eminentemente vocacionado para a promoção do conhecimento, a preservação e a divulgação do património cultural e ambiental concelhio, com especial incidência para o Rio Lena.

Envolvendo 150 alunos do Agrupamento de Escolas da Batalha, uma das entidades parceiras do projeto, foram realizadas ao longo do último ano letivo várias visitas de campo para além de diversas ações com a comunidade e uma exposição alusiva à fauna e à flora características deste que é o principal curso de água da Batalha.

Ainda sobre o projeto agora premiado, foram também valorados pelo júri deste concurso internacional a complementaridade de áreas como as ciências, a sustentabilidade, o património e a cidadania.

Refira-se que o prémio Ibermuseus da Educação 2022 recebeu 115 projetos de 17 países, tendo sido selecionados 3 projetos selecionados na Categoria I (reconhecimento de projetos iniciados em 2020 ou 2021) e 14 na Categoria II (realização de novos projetos). Cada projeto receberá 5.000 euros na Categoria I e 3.500 euros na Categoria II.

As propostas selecionadas foram provenientes da Colômbia, Argentina, Portugal, Brasil, México, Espanha e Venezuela em áreas como a tecnologia, a ciência, a inclusão, a cidadania, a sustentabilidade, a ecologia, entre outras.

Criado em 2007 em Santiago do Chile, o Ibermuseus é o principal programa de cooperação para os museus da Ibero-América, tendo como principal objetivo promover o fortalecimento das mais de dez mil instituições museológicas.

O Ibermuseus atua na preservação e valorização do património museológico, promovendo o papel dos museus como agentes de transformação social e melhorando a gestão dos museus por meio da qualificação, intercâmbio e articulação de redes para a consolidação das políticas públicas para o setor.

   Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.