Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/4

Peniche

Liga MEO Surf: Vasco Ribeiro e Guilherme Ribeiro discutem título nacional na final do Bom Petisco Peniche Pro

Guilherme Ribeiro e Vasco Ribeiro

A luta pelo título nacional masculino prossegue ao rubro, com grandes ondas e nível alto de surf na Praia do Lagido, no segundo dia do Bom Petisco Peniche Pro, a última etapa da Liga MEO Surf 2022. Uma jornada de emoções fortes, que reduziu o lote de candidatos ao título a somente dois nomes: Guilherme Ribeiro, que chegou a esta etapa com a licra amarela Go Chill de líder do ranking nacional, e Vasco Ribeiro, campeão nacional em título e que está a regressar à competição nesta prova.

Vasco está na liderança virtual desta emocionante disputa e ambos apenas dependem de si próprios para conquistar o título. Para ser campeão Guilherme Ribeiro precisa de um resultado melhor que o de Vasco Ribeiro. Para ser campeão Vasco Ribeiro precisa de um resultado melhor ou igual ao de Guilherme Ribeiro. Já Charlotte van Berkum destacou-se na prova feminina.

Uma luta que vai ser decidida este domingo, no dia final do Bom Petisco Peniche Pro, estando prevista a mudança para o Pico da Mota. Com ambos a dependerem apenas de si próprios para serem campeões nacionais e cada um numa metade distinta do quadro de competição, mas com Vasco na liderança virtual do ranking, preveem-se emoções ao rubro para esta derradeira jornada da Liga MEO Surf 2022.

Charlotte van Berkum

Este sábado, a ação iniciou-se pelas 8 horas e nem a chuva impediu que o espetáculo do melhor surf nacional se prolongasse em ondas de grande potencial na praia do Lagide. Tudo começou na ronda 2 masculina, onde alguns dos 11 candidatos iniciais ao título foram sendo eliminados, como foram os casos de Francisco Almeida, Joaquim Chaves ou Eduardo Fernandes. Com os outros candidatos a não desarmarem, nesta fase o grande destaque da manhã foi a prestação de Tomás Fernandes, com uma performance na casa da excelência, com 16,50 pontos, graças a uma onda de 8,50 e outra de 8 pontos, em duas esquerdas surfadas de forma explosiva.

A ação prosseguiu ao final da manhã com a ronda 3 masculina, com o crivo das contas do título a apertar ainda mais. Depois da grande performance matinal, Tomás Fernandes acabou por despedir-se da luta com uma derrota logo no heat inaugural. Pelo meio, Afonso Antunes também saiu das contas, mesmo conseguindo passar para os quartos de final, em virtude de Vasco Ribeiro, que por esta altura já tinha a liderança virtual do ranking, ter avançado mais uma ronda. A ronda terminou ainda com outra surpresa, após a eliminação do surfista local e vice-líder do ranking Guilherme Fonseca.

A derrota de Guilherme Fonseca acabou por deixar a luta pelo título nacional entregue apenas a Vasco Ribeiro e Guilherme Ribeiro. Ambos com prestações fortes e competentes nas duas vezes que entraram na água neste segundo dia de prova. Na ronda 2 Gui venceu a bateria 4 com 14,40 pontos, enquanto Vasco triunfo na bateria 6, com 13,15 pontos. Na fase seguinte, inverteram-se os papéis, com ambos a saírem novamente vencedores das respetivas baterias, mas com Vasco a chegar aos 14,50 pontos e Guilherme a ficar-se pelos 13,85 pontos. Algo que denota bem o equilíbrio entre os dois candidatos ao título nacional.

Na próxima fase, com o título em jogo e a poder ficar definido a qualquer momento, Guilherme Ribeiro vai ser o primeiro a entrar em ação, enfrentando Francisco Ordonhas no heat 2 dos quartos-de-final man-on-man. Logo de seguida, Vasco Ribeiro mede forças com Arran Strong. Em caso de triunfo, Guilherme enfrenta nas meias-finais o vencedor da bateria entre Afonso Antunes e o jovem local Matias Canhoto, um dos grandes destaques da prova até ao momento. Já Vasco Ribeiro, se chegar às meias-finais, tem encontro marcado com o vencedor do duelo entre José Champalimaud e o ex-campeão nacional Miguel Blanco.

Ao início da tarde disputou-se ainda a ronda 2 feminina, onde a surfista em maior destaque foi a algarvia Charlotte van Berkum, que venceu o primeiro heat da ronda com um score de 13,80. A juventude feminina também esteve em bom plano, com Constância Simões, Maria Salgado e Beatriz Carvalho em evidência a caminho da próxima fase.

A chamada para o dia final do Bom Petisco Peniche Pro está marcada para as 8h30 no Pico da Mota. Com três rondas masculinas e três rondas femininas ainda por realizar e com um total de 16 surfistas ainda em jogo – 8 do lado masculino e 8 do lado feminino -, a ação vai coroar o novo campeão nacional e também os vencedores da derradeira etapa da temporada na Liga MEO Surf 2022.

Agenda para domingo

08h30 – Call terceiro dia de competição
10h00 – Happy Hour Jerónimo Martins
17h00 – Go Chill Expression feminina e masculina
13h00 – Finais do Bom Petisco Peniche Pro
14h00 – Entrega de prémios do Bom Petisco Peniche Pro

A nível televisivo, o Bom Petisco Peniche Pro poderá ser acompanhado em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, app do MEO – disponível na posição 810 da grelha de canais MEO, e em www.ansurfistas.com e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2022 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Bom Petisco, Allianz Seguros, Joaquim Chaves, Go Chill, Somersby, Corona e Rip Curl, o parceiro de sustentabilidade Jerónimo Martins, o apoio local do Município de Peniche, e o apoio técnico do Peniche Surfing Clube e da Federação Portuguesa de Surf.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.