Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/4

Leiria

Município de Leiria vai requalificar antiga Adega Cooperativa das Cortes

A antiga Adega Cooperativa das Cortes vai ser objeto de requalificação, uma medida que pretende valorizar a importância patrimonial e histórica do espaço, atribuindo-lhe nova utilidade e potencial turístico-cultural.

Localizadas junto ao rio Lis, as instalações serão intervencionadas com o objetivo de as transformar num espaço agradável e aprazível à estadia, circulação, ao convívio e à contemplação, para além da criação de condições para o funcionamento e valorização do mercado local e dinamizar a área da praça através de novas funcionalidades.

Pretende-se também incentivar a fixação de novas atividades através da requalificação do interior do recinto e do edificado existente e melhorar a circulação com predominância para a mobilidade pedonal, bem como valorizar a proximidade com o rio.

Dos trabalhos previstos incluem-se a transformação do espaço central da Adega em zona de convivência e de lazer, a criação de áreas de contemplação do rio Lis com passadiços e de espaços ligados às artes, como um anfiteatro, e a melhoria dos acessos pedonais.

Ainda relativamente aos espaços exteriores, é intenção criar lugares de estacionamento e requalificar o canal de rega e o antigo lavadouro.

Quanto ao edificado, as antigas instalações do centro de saúde serão adaptadas para acolher associações locais, escritório em open space e salas multiusos, enquanto o espaço do atual mercado será requalificado para receber o mercadinho semanal, uma sala polivalente, espaços para exposições e zonas de apoio às festividades na praça e à Sociedade Artística e Musical Cortesense.

Para o edifício onde funcionou um restaurante, pretende-se que seja utilizado como comércio e serviços/restauração e bebidas, não devendo sofrer qualquer intervenção.

Por se situar parcialmente em área de Reserva Ecológica Nacional, o Executivo da Câmara Municipal aprovou esta terça-feira, dia 15 de novembro, o pedido de declaração de interesse público municipal, que será agora remetido para a Assembleia Municipal, não estando ainda prevista a data de início dos trabalhos nem os custos do investimento na requalificação.

      Fonte: DCRP|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.