Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/4

Da Pastelaria Alcôa (Alcobaça)

“Manjar Real” foi o doce vencedor da 24.º Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais

Manjar Real, na montra da Pastelaria Alcôa

O vencedor do Melhor Doce Conventual da 24.º Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais foi a Pastelaria Alcôa (Alcobaça), com o doce “Manjar Real”. As menções Honrosas foram para o Atelier do Doce (Alcobaça), com  “Pão-de-Ló de Alfeizerão”, a Casa dos Doces Conventuais (Alcobaça), com “Papão D’anjo”, e Abadia de Herkenrode (Bélgica), com  “Pralines Belges”. O Melhor Licor Conventual foi para o Mosteiro de Singeverga (Santo Tirso), com o Licor de Singeverga. Já o autor da melhor compota foram as Monjas Cistercienses de São Bento da Porta Aberta (Rio Caldo), “Compota de Pêssego com Menta Fresca”.

Premiados da 24.º Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais

Melhor Licor Conventual
Licor de Singeverga – Mosteiro de Singeverga (Santo Tirso)

Melhor Doce Conventual

1º Prémio
“Manjar Real”, da Pastelaria Alcôa (Alcobaça)

Menções Honrosas
“Pão-de-Ló de Alfeizerão” – Atelier do Doce (Alcobaça)
“Papão D’anjo” – Casa dos Doces Conventuais (Alcobaça)
“Pralines Belges” – Abadia de Herkenrode (Bélgica)

Melhor Compota
“Compota de Pêssego com Menta Fresca”, das Monjas Cistercienses de São Bento da Porta Aberta (Rio Caldo)

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.