Edição: 267

Diretor: Mário Lopes

Data: 2023/2/3

Secretário da Junta ter-se-á apropriado de valores superiores a 135 mil euros

Polícia Judiciária detém duas pessoas pelos crimes de peculato e falsificação em Junta de Freguesia de Tomar

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, no seguimento de denúncia recebida em setembro passado e da investigação, entretanto desenvolvida, cumpriu mandados de detenção emitidos pelo MP-DIAP de Tomar, detendo dois homens, fortemente indiciados pelos crimes de peculato e de falsificação.

A factualidade relatada indicava a apropriação por um dos arguidos, entre 2017 a 2022, no exercício da função de Secretário da Junta, de valores ainda não cabalmente apurados, superiores a € 135 000.

Fazendo seu o dinheiro público, através de movimentos com cartão bancário, transferências ou por falsificação de cheques da Junta, aplicava parte dos valores em beneficio de outrem, pessoa das suas relações privilegiadas e coarguido, também detido.

Quando detetados e de forma a afastar as suas responsabilidades, os arguidos, em coautoria, fizeram crer aos atuais responsáveis políticos locais que os dinheiros da Junta haviam sido utilizados em aplicações rentáveis, falsificando documentos bancários.

Os detidos, de 36 e 53 anos, serão presentes às competentes Autoridades Judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação das adequadas medidas de coação.

 Fonte: GIC|PJ

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.