Edição: 267

Diretor: Mário Lopes

Data: 2023/2/3

Segundo o CDOS de Santarém

Caudais lançados pelas barragens do rio Tejo mantém-se mas ainda há estradas alagadas

Barragem de Castelo do Bode

Os caudais lançados pelas barragens do rio Tejo, até ao final de quinta-feira, dia 15 de dezembro, não se traduzem numa variação significativa da altura hidrométrica, podendo os mesmos ser alterados devido à pluviosidade fruto do escoamento em toda a bacia hidrográfica.

Com os dados disponíveis ao momento, os efeitos previstos são a manutenção dos caudais lançados pelas barragens, não se prevendo uma subida significativa da altura hidrométrica registada nas diferentes estações, sem impacto expectável nas áreas envolventes. No entanto devido à pluviosidade que se tem feito sentir e à saturação dos solos, o escoamento de água será lento. É espectável nas próximas horas, a manutenção dos caudais do rio Tejo.

Neste sentido, o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém aconselha:

 Não atravessar com viaturas ou a pé estradas ou zonas alagadas;

 Manter-se informado através dos Órgãos de Comunicação Social ou dos Agentes de Proteção Civil e SMPC, desenvolvendo as ações necessárias para a sua proteção, da família e bens.

Os efeitos observados até ao momento são:

Município de Abrantes

 Estrada do Campo – F. do Tramagal;

Município de Ferreira do Zêzere

 EM 521 Ferreira do Zêzere;

Município de Santarém

 Submersão da E.N. 365 entre Vale de Figueira e Pombalinho – Ponte do Alviela;

 E.N 365-4 Km Ponte dos Alcaides – S. Vicente do Paul;

 E.M. 1348 liga Ribeira de Santarém a Vale de Figueira – Condicionada com lençóis de água;

 Rua de Marvila – Omnias / Caneiras – Condicionada por lençol de água;

 Rua de Sto. André – Quinta do Boial/Santarém

Município de Constância

 Parque de Estacionamento na Margem do Zêzere (10% inundado);

 Caminho Agrícola do Campo entre a Quinta da Coutada e o Tramagal

Município de Golegã

 Caminho Municipal 1 (Estrada dos Lázaros);

 Estrada das Braquenizes – VCE / Golegã

 Estrada dos Lázaros EN365

 CM 30 Estrada Rabo dos Cágados / EN365

 Estrada de Vale Pintos EN243

 Estrada Real (Estalagem do Pocinho – Ponte Fernão Leite)

Município de Almeirim

 ER-A2 Entre Benfica do Ribatejo e E.N. 368 Falta de drenagem;

 ER-A5 Entre a E.N. 368 e o Porto da Courela Transbordo do Rio Tejo;

Município de Coruche

 EM 1427 Rebolo- Fajarda / Biscainho

 Estrada de Meias Coruche / Azervadinha

 Rua Paul – Coruche

 C.M. H – Amieira- Fajarda-Raposeira

Município de Benavente

 EM 1456 – Estrada do Campo;

 Estra do Convento do Jericó EN118/Salvaterra;

 EM515 Benavente/Barrosa;

 Estrada D’el Rei EN118/Foros de Salvaterra;

Município de Cartaxo

 E.M. Setil/Ponte de Reguengo (condicionada com lençol de água)

 E.N. 3-2 – Ponte do Reguengo – Setil

Município de Salvaterra de Magos

 Rua Miguel Torga (Marinhais) – Estrada do Furo (Foros de Salvaterra).

O CDOS de Santarém, em articulação com a Agência Portuguesa do Ambiente, IP, EDP produção, Serviços Municipais de Proteção Civil e Agentes de Proteção Civil, continuará a acompanhar a situação e emitirá outros comunicados que se entendam necessários.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.