Edição: 267

Diretor: Mário Lopes

Data: 2023/2/3

Sucedendo no cargo a André Loureiro

Economista André Sousa eleito presidente da Concelhia do PSD da Batalha

André Sousa

O economista André Sousa, de 29 anos, é o novo presidente da Comissão Política Concelhia da Batalha do PSD, sucedendo no cargo ao vereador André Loureiro, após as eleições realizadas esta segunda-feira, dia 12 de dezembro.

O novo líder do PSD local é natural e residente na freguesia da Golpilheira, é vereador em regime de substituição da Câmara Municipal da Batalha e exerce a profissão de consultor de projetos e especialista em fundos europeus. Atualmente frequenta o mestrado de Empreendedorismo e Inovação no Instituto Politécnico de Leiria.

Alfredo Matos, empresário, e Marco Vieira, atual presidente da Junta de Freguesia de São Mamede, são os novos vice-presidentes da concelhia, que integra representantes de todas as freguesias do concelho da Batalha. André Loureiro, atual vereador da oposição na Câmara Municipal, foi eleito presidente da Mesa da Assembleia de Secção da Batalha, acompanhado pelo Engenheiro Gonçalo Brogueira e pela ex-vereadora Cíntia Silva.

André Sousa refere “conto na minha equipa de trabalho com pessoas de várias áreas, todos com uma vontade férrea de continuar a defender o concelho da Batalha e a suas gentes.”

A nova concelhia do PSD eleita com 62% de apoio do total dos militantes em condições de votar, conta pessoas com provas dadas nas suas áreas de atuação que aportam ao projeto global ideias e mais-valias que servirão para fazer um trabalho político para as pessoas e pelas pessoas, em prol do progresso e desenvolvimento do concelho.

Em mensagem remetida aos militantes, o novo líder do PSD salienta que “a localização estratégica da Batalha face ao país, o excelente capital humano, as tradições culturais e as condições empresariais, permite-nos ambicionar um território próspero, socialmente justo, capaz de atrair investimento e a criar emprego qualificado”. “Assim, assistimos com enorme preocupação ao desnorte de atuação da atual maioria que governa o município.

Hoje, o concelho da Batalha é um território estático e isolado, com um município afastado das necessidades reais das suas populações”, refere André Sousa.

Vai mais longe nas suas pretensões e afirma mesmo que “urge criar uma alternativa governativa assente na responsabilidade, vivacidade e dinamismo”, para tanto assume como prioridade “a necessidade de aproximar a política da população em geral”. “O PSD Batalha atuará como promotor de uma democracia de valores, de livre iniciativa e de iguais oportunidades, atuando com base na ética e responsabilidade”, garante André Sousa.

No dia de eleição da nova concelhia, o PSD da Batalha transmite a clara mensagem de que é preciso olhar para o futuro, porque é lá que está a resolução dos problemas, destacando que o PSD pretende ter um papel crucial no debate de políticas locais, com ideias claras e objetivas na definição do futuro do nosso concelho e na resolução dos problemas da nossa população, empresas e instituições.

Fonte: PSD|Batalha

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.