Edição: 267

Diretor: Mário Lopes

Data: 2023/2/3

Sábado dia 14 de janeiro com a presença do realizador e do elenco

Teatro José Lúcio da Silva recebe em Leiria antestreia d’ “O Crime do Padre Amaro”

Cartaz

A antestreia da série “O Crime do Padre Amaro”, da autoria do realizador Leonel Vieira, vai ter lugar no sábado, dia 14 de janeiro, em Leiria. Neste dia, o realizador Leonel Vieira e os protagonistas, José Condessa e Bárbara Branco, bem como todo o elenco, vão rumar a Leiria para apresentar em primeira mão a toda a cidade a série que ali gravaram entre julho e agosto de 2021. O primeiro episódio da série vai ser apresentado pelo realizador e exibido no Teatro José Lúcio da Silva, seguindo-se um cocktail.

A série é baseada numa adaptação para televisão da obra homónima do escritor Eça de Queiroz, nome grande da literatura nacional que se inspirou em Leiria para escrever uma das suas principais obras, e será exibida na RTP 1, a partir de 16 de janeiro, num total de seis episódios, com a duração aproximada de 45 minutos cada.

O projeto foi orçamentado em 1,2 milhões de euros e recebeu apoio financeiro do Município de cerca de 200 mil euros, ou seja, 16,5 por cento, numa produção que fará uma ampla divulgação de Leiria.

“Esta série constitui uma excelente oportunidade de promoção de Leiria, pela mediatização que oferece ao nosso concelho, e de valorização da passagem de Eça de Queiroz pela nossa cidade, que o inspirou na criação de uma das suas mais brilhantes produções literárias”, explica Gonçalo Lopes, presidente da Câmara Municipal de Leiria.

Em 2020, assinalaram-se os 120 anos sobre a morte de Eça de Queiroz e a sua relevância no panorama nacional e internacional cruza-se com a sua passagem por Leiria, quando, em 30 de junho de 1870, tomou posse como Administrador do Concelho.

Durante a sua estadia na cidade, onde esteve cerca de um ano, deixou referências que perduram associadas à sua obra, entre as quais o romance “O Crime do Padre Amaro”, publicado em 1875, um dos livros mais significativos da literatura portuguesa que aborda o cenário de Leiria e arredores no século XIX.

Refira-se que a proposta de Plano Estratégico Municipal da Cultura para o Concelho de Leiria para 2020-2030 reconhece a importância do património literário de Leiria e, especificamente a ligação de Eça de Queiroz à cidade e a necessidade de dar prioridade ao conhecimento, valorização e divulgação dos ativos e testemunhos culturais do concelho com capacidade de diferenciar no contexto nacional e internacional e de reforçar a identidade e a autoestima da população.

A entrada nesta antestreia é livre, mas sujeita à lotação da sala. Os interessados podem levantar os bilhetes no próprio dia, até às 21 horas.

    Fonte: DCRP|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.