Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/22

Para promover a mobilidade e acessibilidade urbana

Município de Pombal investe mais de 750 mil euros na requalificação da zona de interface de transportes

Planta do projeto de intervenção

O Município de Pombal está a investir mais de 750 mil euros na requalificação da zona de interface de transportes para promover a mobilidade e acessibilidade urbana e fomentar a utilização do transporte público urbano, bem como eliminar as barreiras físicas existentes.

A intervenção incide numa área atualmente condicionada pelas antigas instalações do centro de formação profissional da Cercipom, cuja demolição permitirá promover a requalificação daquela zona urbana da cidade, reorganizando-a e criando uma praça de interface que comunica com a estação ferroviária, com a central rodoviária, com a futura paragem do Pombus (Rede de Transportes Públicos Urbanos) e Táxis, com uma doca de bicicletas de utilização partilhada e com bolsas de estacionamento automóvel.

O projeto irá requalificar aquela zona, de forma a melhorar a utilização do espaço, dado o seu estado atual de degradação e da necessidade de melhor integração urbana com a envolvente, criando uma nova polaridade urbana direcionada para a utilização de modos suaves.

A intervenção irá incidir na reformulação das vias rodoviárias na ligação ao interface (zona frontal adjacente à central rodoviária), a criação de uma praça ajardinada, a implementação de uma nova ligação à bolsa de estacionamento na Urbanização das Cegonhas e à passagem inferior de acesso à estação ferroviária, contemplando o tratamento de taludes e a plantação de árvores de sombreamento.

O projeto assume um papel âncora de toda a estratégia preconizada no Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) integrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) da cidade de Pombal, financiado por fundos comunitários através do Centro 2020.

     Fonte: OC|GC|CMP

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.