Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/25

Encontro Anual BUPi “Mapear o Futuro” terá lugar na Exposalão

Projeto Balcão Único do Prédio junta comunidade na Batalha

Exposalão

A Estrutura de Missão para a Expansão do Sistema de Informação Cadastral Simplificado (eBUPi) vai juntar a comunidade BUPi, a 15 de março, para o primeiro Encontro Anual BUPi,  entre as 09h00 e as 17h00, no Exposalão, Batalha, no evento “Mapear o Futuro – Conhecer. Valorizar. Inovar” – Encontro Anual BUPi 2023.

Para promover uma discussão em torno do território e dos seus desafios, este evento vai reunir, pela primeira vez, toda a comunidade do projeto Balcão Único do Prédio (BUPi), bem como várias entidades do setor público, ao nível da administração central, local e regional, do setor privado, do meio académico e da comunidade científica, os cidadãos e o poder político.

O evento “Mapear o Futuro – Conhecer. Valorizar. Inovar”, organizado pela eBUPi, tem como objetivo debater como se ultrapassa o desafio de transformar o conhecimento do território em valor para o país através de uma visão estratégica e inovadora, colaborativa e consolidada, com recurso ao digital. Vai contar com quatro painéis de discussão, onde mais de vinte oradores irão abordar, entre outras questões, o BUPi e o PRR no quadro da reforma de políticas públicas territoriais e o papel da tecnologia no suporte e aceleração da transição climática. Além dos painéis de discussão, será feito um balanço dos resultados alcançados pelo projeto.

Um dos destaques do evento será, também, a cerimónia de atribuição dos Prémios BUPi 2022, iniciativa criada com o propósito de reconhecer publicamente os principais interlocutores e impulsionadores do BUPi ao serviço dos cidadãos e empresas, nomeadamente os municípios, técnicos habilitados e Comunidades Intermunicipais (CIM) que mais se destacaram, em diversas áreas, e contribuíram para o sucesso do projeto, no âmbito da expansão do cadastro simplificado e do BUPi.

O BUPi encerrou 2022 com mais de um milhão de propriedades identificadas na plataforma. Com a entrada do município de Tabuaço, no passado dia 20 de fevereiro, a plataforma que potencia o conhecimento do território está, agora, presente em 144 dos 153 municípios que não dispõem de cadastro predial e conta com o apoio de mais de 900 técnicos habilitados registados. Mais de 180 mil cidadãos já identificaram as suas propriedades no âmbito do BUPi, de forma gratuita e sem aumento de impostos.

    Sobre o BUPi

Criado em 2017, enquanto projeto-piloto em 10 municípios, o BUPi tem alavancado a sua presença nos municípios sem cadastro predial desde o início de 2021, altura em que se deu início à expansão do projeto. 2022 foi o ano que mais contribuiu para este resultado, já que 75% do total das propriedades foram identificadas apenas neste período.

O BUPi é um projeto financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), integrado na área governativa da Justiça, em articulação com o Ambiente e Ação Climática e com a Coesão Territorial.

    Fonte: GW

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.