Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/22

Santarém

Vila de Alcanede comemora 860 anos

Rede Colaborativa AXIS foi apresentada na sessão solene

As comemorações do 860º aniversário da elevação de Alcanede a vila tiveram início este sábado, dia 25 de fevereiro, com o içar da bandeira na sede da Junta de Freguesia e a missa em memória de todos os alcanedenses e autarcas locais.

No período da tarde, no Salão Multiusos do Parque de Jogos, realizou-se a sessão solene, onde foi apresentada a Rede Colaborativa AXIS e assinado o respetivo protocolo entre as entidades que a compõem.

Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Santarém, felicitou Alcanede pelos 860 anos e referiu que “é com grande satisfação que aqui estou, acompanhado por toda a vereação com pelouros no Município de Santarém, num evento com esta importância e esta dimensão”. Sobre a Rede AXIS, o Presidente disse que “podem sempre contar com o executivo para este tipo de projetos e outros porque queremos que o nosso concelho se desenvolva ainda mais. Este projeto colaborativo vai dar a conhecer um outro lado de Alcanede que não o empresarial, vai dar a conhecer a história e a cultura, permitindo aumentar o turismo na região”.

Manuel Joaquim Vieira, presidente da Junta de Freguesia de Alcanede, enalteceu o esforço de todos aqueles que “trabalharam, lutaram e se sacrificaram para que Alcanede tivesse ao longo dos anos uma tão grande importância e glória” e referiu que “estamos a trabalhar para que a nossa freguesia possa proporcionar outras ofertas que hoje estão vivas graças ao passado glorioso e grandeza do presente, pelo que continuaremos a lutar pela concretização de projetos essenciais para o futuro”.

Estas comemorações visam celebrar dignamente o passado e o presente da história da Freguesia, lembrando aqueles que contribuíram para o desenvolvimento e bem-estar da sua população. A terminar a sua intervenção, Manuel Joaquim Vieira agradeceu “a todos por contribuírem para o enriquecimento local, pela colaboração na concretização das ações que vão decorrer ao longo do ano”.

A Rede Colaborativa AXIS, projeto apresentado neste evento, é constituída pela Santa Casa da Misericórdia de Alcanede, Junta de Freguesia de Alcanede, Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Nossa Senhora da Purificação de Alcanede, Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques e António José Neves Montez, proprietário do Núcleo Histórico da Família Montez em Alcanede.

Esta Rede tem como finalidade contribuir para o reforço identitário da região de Alcanede através de ações concretas de interesse social, cultural e turístico. A criação desta rede vai permitir a união de esforços e sinergias para qualificar, criar e valorizar estruturas de interesse cultural, identificar, estruturar e comunicar conteúdos e eventos de interesse cultural, turístico ou económico para os atuais e potenciais moradores e visitantes, incentivar serviços de apoio a atividades culturais e turísticas e contribuir para reforçar a notoriedade da freguesia de Alcanede fora das fronteiras da freguesia.

Ao longo do ano 2023, Alcanede vai comemorar os 860 anos com muitas atividades culturais, recreativas e desportivas, envolvendo as diversas associações e entidades da Freguesia.

Este primeiro dia de comemorações contou ainda com um momento cultural “Sobre a Tomada d’Alcanede”, um trecho do romance histórico “As Duas Moiras” pelo Monge das Astúrias, pseudónimo literário de Francisco Santos Serra Frazão, declamado por Helena Vieira e Sandro Cordeiro.

    Fonte: IV|GRPC|CMS

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.