Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/18

Sobral, Lourinhã, Cadaval, Mafra e Torres Vedras

CDU do Oeste laça nova fase da campanha por melhores cuidados de saúde com " injeção ao Governo"

Seringa da CDU do Oeste

A Coordenadora da CDU dos Concelhos do Oeste do Distrito de Lisboa, (Sobral, Lourinhã, Cadaval, Mafra e T. Vedras) não desiste de dar continuidade à luta por melhores cuidados de saúde no Oeste, procurando envolver as populações nesta mais que justa reivindicação.

Na sequência de várias concentrações e protestos nos concelhos do Cadaval e Torres Vedras, anuncia agora a recolha de um  postal dirigido ao Ministro da Saúde que poderá ser assinado pelas populações dos diversos Concelhos, exigindo as medidas necessárias para um melhor acesso ao único serviço público e universal que permite o acesso a todos em condições de igualdade. Este postal será colocado dentro de uma seringa e entregue depois no Ministério da Saúde.

Numa altura em que se acentuam os problemas no acesso ao Serviço Nacional de Saúde, a CDU continua a denunciar que nos  cuidados de saúde primários é necessário reverter a crescente falta de médicos de família – no ACES Oeste Sul existirão cerca de 70 mil utentes sem médico de família. É preciso garantir mais contratações de médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde; nos próximos 5 anos o número de médicos, a nível nacional, que atingirão a idade para se aposentarem será de 3285 médicos, uma média de 657/ano, o que também terá reflexo nesta região.

Não  é aceitável para os utentes do Oeste que a solução venha a ser a entrega dos utentes a equipas contratadas por IPSS em vez de médicos e enfermeiros no centro de saúde da sua área de residência.

A CDU continuará, seja no plano local, seja no nacional, a bater-se pela defesa do SNS, instrumento indispensável para a garantia do direito à saúde de toda a população, independentemente dos seus recursos económicos ou condição social e em todo o território.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.