Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/2

Lourinhã

Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro tem Recriação Histórica & Mercado Oitocentista na nova Agenda Cultural

Agenda Cultural

O Município da Lourinhã, em parceria com a Junta de Freguesia do Vimeiro, a Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro (AMBV) e a Associação Napoleónica Portuguesa (ANP), volta a realizar o evento “Recriação Histórica & Mercado Oitocentista”, entre 14 e 16 de julho, na área adjacente ao Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, este ano sob a temática “Da Guerra para a Paz”.

O regresso deste evento convida os visitantes a viajar 215 anos na história, oferecendo um vasto conjunto de atividades temáticas, num espaço ilustrado à época oitocentista, com espetáculos de animação de rua, tasquinhas, workshops, mostras de produtos gastronómicos, artesanato, demonstração de ofícios, concertos, peças de teatro e espetáculos de fogo.

Entre os momentos mais aguardados estão as recriações do acampamento militar, o baile oitocentista e, acima de tudo, os momentos da Recriação Histórica da Batalha do Vimeiro, com a presença de recriadores nacionais e estrangeiros.

A escolha do tema “Da Guerra para a Paz” decorre da atual situação de guerra vivida na Europa, tendo a organização entendido ser fundamental criar um programa temático dedicado ao importante caminho que conduz os povos para a pacificação, por forma a recriar momentos da história como conjunturas de partilha cultural entre soldados de nações outrora beligerantes, mas que hoje se reúnem sob o signo da paz.

João Duarte de Carvalho, presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, realça que “este evento propõe um conjunto de atividades, várias delas em torno do conceito da paz, contrariando a ideia de que os locais onde se assinalam batalhas têm que remeter unicamente para matérias relacionadas com assuntos bélicos e que é possível semear a paz, promovendo iniciativas que fomentem valores como a cooperação, a tolerância e a amizade”.

O autarca refere ainda que mais uma edição da “Recriação Histórica & Mercado Oitocentista” é fundamental pela preservação e divulgação do património da Lourinhã, mas também pelo potencial de captação de fluxos turísticos ao território, uma vez que reúne, anualmente, cerca de 20 000 habitantes, visitantes e turistas.

O programa detalhado das atividades sairá em breve, aproveitando o município para lançar, por agora, a Agenda Cultural do Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, cujo mote é “Educar para a Paz”, com vista à preservação da história, transmitindo-a de forma não tendenciosa e procurando a isenção necessária para compreender todos os contextos que poderão levar ao desenrolar dos acontecimentos históricos.

Esta agenda tem início a 25 de março, com a apresentação teatral do projeto “Papão de Contos” (Histórias com História lá Dentro), que fala de um soldado de enorme coração que não gosta de guerra. Esta atividade destina-se a crianças entre os 3 e 7 anos e famílias.

No dia 22 de abril, terá lugar o “Dia Aberto dos Itinerários Napoleónicos”, uma iniciativa organizada pelo consórcio dos Itinerários Napoleónicos, do qual o município da Lourinhã faz parte e que pretende assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e dos Sítios, através da disponibilização, às famílias, do jogo “Napoleão Bonaparte: O Princípio do Fim”, o qual preserva o património histórico-militar das Invasões Francesas, contando a história de uma forma rigorosa e lúdica.

No dia 20 de maio, no âmbito do Dia Internacional dos Museus e a Noite Europeia dos Museus, terá lugar a iniciativa “CIBV à Noite”, com a realização de uma visita guiada noturna e, no final, o momento musical “A música e a paz”, interpretada pelos Trio Estillus.

O Dia da Criança será assinalado a 3 de junho, com “O Armistício – Construção de Páginas de Paz”, destinado a crianças entre os 3 e os 12 anos e famílias. Esta atividade consiste na construção de páginas de livros associadas à paz, partindo da história da assinatura do armistício.

A 21 de agosto terão lugar as comemorações oficiais do 215º aniversário da Batalha do Vimeiro, cujo programa será divulgado oportunamente.

Já a 23 de setembro, terá lugar a atividade “Semear a Paz em Campos de Guerra”, mais uma vez para crianças dos 3 aos 12 anos e respetivas famílias. Numa breve abordagem ao valor “semear e cuidar a paz”, cada participante será convidado a decorar o seu vaso (biodegradável) com tintas naturais.

No dia 13 de outubro, terá lugar o webinar “Contar a História – Um Caminho para a Paz”, em que se procurará abordar a questão do perigo da história tendenciosa, que pode ter implicações na maneira como se olha para os protagonistas e acontecimentos nos diferentes períodos históricos.

A Agenda encerra a 18 de novembro, com a atividade “Mediação de Leitura – Pela Paz” do projeto Papão de Contos (Histórias com História lá dentro), destinada a crianças entre os 3 e os 7 anos e famílias.

A Agenda Cultural está disponível para consulta e download nos diversos canais digitais do município da Lourinhã: site autárquico, Visit Lourinhã e Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro.

       Fonte: CL|GCI|CML

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.