Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/30

No Centro de Artes e Criatividade de Torres Vedras

Encontro em Torres Vedras sobre cultura, trabalho em rede e participação apresentou futura Rede de Cultura

Refletir sobre o desenvolvimento cultural de territórios e comunidades, formas de cooperação e participação nas práticas culturais, apresentar a intenção de constituição da Rede de Cultura de Torres Vedras e promover um encontro informal entre pessoas com interesses comuns foram os objetivos do encontro “Cultura, trabalho em rede e participação: desafios à governança e políticas culturais” que decorreu sábado, dia 11 de março, no Centro de Artes e Criatividade de Torres Vedras.

“Encontramo-nos num território que entende a cultura como um dos seus pilares de desenvolvimento e fator imprescindível para a qualidade de vida das populações” afirmou a presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras. Laura Rodrigues saudou os participantes no encontro através de uma mensagem em vídeo, defendendo que “o primado da participação e a descentralização são princípios que orientam a política cultural do Município.”

A primeira abordagem ao tema do encontro esteve a cargo de Pedro Costa, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e do DINÂMIA’CET- ISCTE, Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território. Seguiram-se apresentações sobre “Modos de Fazer – Casos de Referência” com Marta Martins, da Artemrede, Lara Matos, do Município de Sesimbra, Daniela Ambrósio e Jorge Reis, da EMERGE – Associação Cultural para a Promoção de Arte Contemporânea.

“Esta Rede de Cultura de Torres Vedras visa fomentar a cooperação entre uma miríade de atores e agentes para fortalecer o ecossistema artístico e cultural em Torres Vedras”, assegurou a vereadora da cultura da Câmara Municipal, Ana Umbelino. A Rede surge no âmbito do Plano Estratégico de Cultura de Torres Vedras 2026, que “constitui o primeiro exercício de planeamento estratégico em cultura que realizámos no nosso território.”

Ana Umbelino explicou, ainda, que se segue uma fase preliminar “para acolher a vontade de diferentes organizações e pessoas individuais que querem aderir a esta rede”, seguindo-se um momento fundacional onde será apresentada a proposta de normas de funcionamento interno.

No encontro foi apresentado o site Sentir Cultura, plataforma agregadora da cultura em Torres Vedras. O portal reúne informação sobre entidades culturais, instalações e calendário de eventos. O Balcão Cultura do site presta esclarecimentos sobre assuntos como o Regulamento Municipal de Atribuição de Apoios, a aquisição de licenças para espetáculos e o envio de propostas ao Município.

As entidades que pretendam integrar o site Sentir Cultura podem registar-se na área criada para o efeito. Os interessados em aderir à Rede de Cultura de Torres Vedras deverão preencher o formulário disponível online.

     Fonte: AC|CMTV

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.