Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/30

No âmbito da fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas

GNR apreende cinco máquinas de jogo ilegal em Ferreira do Zêzere, Ourém e Tomar

Material apreendido pela GNR

O Comando Territorial de Santarém da GNR, através dos Postos Territoriais de Tomar, Ferreira do Zêzere e Ourém, no dia 15 de março, apreendeu cinco máquinas de jogo ilegal, nos concelhos de Ferreira do Zêzere, Ourém e Tomar.

No âmbito de uma operação de fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas, que decorreu nos concelhos de Tomar, Ferreira do Zêzere e Ourém, os militares da Guarda detetaram cinco máquinas de jogo ilegal em funcionamento, as quais foram de imediato apreendidas, assim como 124 euros em numerário e diverso material relacionado com a prática da exploração ilegal de jogo. No decurso das diligências policiais, a exploradora de um estabelecimento, uma mulher 51 anos, foi constituída arguida.

Foram ainda elaborados oito autos de contraordenação dos quais três relacionados com infrações de jogo ilegal e cinco relacionados com o funcionamento dos estabelecimentos.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Tomar.

Esta operação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Tomar e com o apoio do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos.

A GNR relembra que a dependência no jogo é reconhecida como uma patologia, sendo necessário estar alerta aos sinais que revelem a adição do jogador, pois é comum que aqueles que sofrem desta perturbação ponham em risco o seu trabalho, contraiam grandes dívidas, acabando por inviabilizar a sua interação com a sociedade e adotem um comportamento autodestrutivo. É por este motivo, fundamental, uma fiscalização contínua e presente neste âmbito, de forma a sinalizar as pessoas com esta dependência, e punir quem utiliza e explora, de forma descontrolada e dissimulada, este tipo de equipamentos ou promove jogos de fortuna ou azar.

Fonte: CTS|GNR 

 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.