Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/22

Projeto “Bata Branca” – Saúde

Câmara de Ourém celebra protocolo com Santa Casa da Misericórdia de Fátima-Ourém para contratação de médicos

Presidente e vereadores com pelouro

Para fazer face ao impacto negativo provocado pelo défice de médicos de família no concelho de Ourém, Luís Miguel Albuquerque deu nota, no dia 17 de abril, da aprovação, em reunião da câmara, de um protocolo com a Santa Casa da Misericórdia de Fátima – Ourém, que permitirá implementar o projeto “Bata Branca”.

Esta iniciativa corresponde a uma solução que conta com o envolvimento direto da entidade ARSLVT, que, através de acordo de cooperação com a União das Misericórdias Portuguesas (UMP), disponibiliza uma comparticipação no valor de 27 €/hora para que médicos possam estar disponíveis para a prestação de consultas nos serviços de saúde primários.

Por sua vez, a UMP estabelece parcerias com uma instituição local registada na ERS – Entidade Reguladora da Saúde – para que possa dar sequência à implementação do projeto enquanto entidade gestora, em parceria com a Câmara Municipal respetiva, a quem caberá a restante comparticipação aos médicos.

No caso do concelho de Ourém a entidade é a Santa Casa da Misericórdia Fátima – Ourém, que através de protocolo receberá, do Município de Ourém, uma comparticipação remanescente, num valor até 15 €/hora. As consultas serão prestadas nas diferentes instalações da Unidade de Cuidado de Saúde de Ourém, a designar e em défice atual. O protocolo prevê o financiamento na contratação de médicos até um limite de 60 horas semanais.

Este projeto representa um grande esforço no investimento municipal, a somar a outras medidas já tomadas neste domínio no campo dos incentivos, e que se traduz num investimento urgente e necessário, mas, transitório face às responsabilidades do Município, sublinhou Luís Miguel Albuquerque.

  Fonte: JO|GIC|CMO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.