Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/28

Inauguração tem lugar no dia 20 de maio às 15h

Museu do Vinho recebe exposição de cerâmica “Teresa e os Pintores de Loiça Artística de Alcobaça"

Reprodução da frente do postal nº. 14/15, alusivo às peças expostas pintadas por Fernando Lisboa.

A Exposição de Cerâmica de Alcobaça “Teresa e os Pintores de Loiça Artística de Alcobaça” vai ser inaugurada no dia 20 de maio às 15h, no Museu do Vinho de Alcobaça

O Município de Alcobaça, através da programação do Museu do Vinho de Alcobaça, acolhe a exposição “Teresa e os Pintores de Loiça Artística de Alcobaça, uma iniciativa da Casa São Bernardo – Alojamento Local, Estafette Magic Tour – Passeios Turísticos e da CFFCS – Colecção de Faiança Família Couto Serrenho.

A exposição contempla um conjunto de peças fabricadas nos anos 40 (séc. XX) na extinta fábrica Raul da Bernarda, pintadas por quinze dos seus exímios pintores. Estarão em presença até ao dia 2 de julho de 2023, cinco peças decoradas por cada um dos pintores num total de setenta e cinco objetos.

Esta mostra conta com a coorganização dos museus municipais (Museu do Vinho de Alcobaça e Museu Raul da Bernarda), promovendo a edição de uma coleção de 15 postais, cada um ilustrado com as peças pintadas pelos respetivos artistas.

A inauguração da exposição coincide com a comemoração do Dia Europeu da Cerâmica, designado por “Bom Dia Cerâmica!”, uma iniciativa de cerca de 200 cidades europeias, onde se inclui o Município de Alcobaça.

Com esta exposição, a CFFCS – Coleção de Família Couto Serrenho pretende, uma vez mais, homenagear os pintores de faiança em geral, e em particular aquele que tem sido o grande mentor da coleção, o pintor Fernando Lisboa, um testemunho vivo e lúcido duma época marcante em Alcobaça, a quem agradecemos e felicitamos pelo seu 90º aniversário.

A exposição “Teresa e os Pintores de Loiça Artística de Alcobaça” sucede à exposição “Júlia e os Pintores de Loiça Artística de Alcobaça” realizada em 2019, representando de forma simbólica os nomes das netas dos detentores da coleção, enquanto guardiãs nos tempos vindouros, asseverando a continuidade da preservação futura deste espólio, atualmente com 1400 peças fabricadas nas diversas e extintas fábricas da Região, maioritariamente da década de 40, pintadas por cerca de 160 pintores, dos quais 135 têm os suas siglas ou monogramas identificados.

As peças expostas, únicas, documentam a beleza, a importância e a riqueza da indústria cerâmica de Alcobaça, cuja loiça azul se tornaria, mais do que um simples marco de uma memória que se impôs pelo seu legado económico e social, um testemunho histórico e patrimonial, essencial e identitário alcobacense.

Inauguração – 20 de maio, 15h
Curadoria: Alberto Guerreiro
Organização: Casa São Bernardo, Alojamento Local – Coleção Faiança Família
Couto Serrenho – CFFCS e Estafette Magic Tour – Percursos Turísticos

Adega dos Balseiros | Público Geral | Entrada livre
3ª feira a domingo: 10h00 às 12h00 – 14h00 às 17h00

  Fonte: GAP|CMA

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.