Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/28

Nos dias 20 a 21 de maio

Palco no Rossio de Alcobaça revive antigas feiras e romarias no “Mercado do Século XIX”

Cartaz

Na Praça da República, elementos dos ranchos do concelho de Alcobaça, vestidos a rigor, irão recriar, de 20 a 21 de maio, o ambiente do Mercado do séc. XIX, que tinha lugar junto ao Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça.

Nessa época, os agricultores e os artesãos, das diversas freguesias do concelho, vinham à Vila regularmente vender os seus produtos: pão, fruta, hortaliças, enchidos, azeite, vinho, mel, cestas e peças de barro. É esse ambiente que se procura reviver, onde não faltarão danças, cantares, bailes, jogos tradicionais, idas à fonte e desfiles de noivos.

“Palco no Rossio” destaca-se na programação cultural de primavera/verão do Município como um instrumento de cultura de rua agregador de diferentes perfis culturais e artísticos que se vão cruzar com públicos de todas as idades, mesmo junto ao Mosteiro de Alcobaça, lugar patrimonial e cultural por excelência.

A história deste território cisterciense passa inevitavelmente por este espaço no qual as feiras e romarias do antigamente traziam vida e cor à sede de concelho. Ao evocar a memória desses tempos, o Palco no Rossio, procura dinamizar a zona histórica da cidade, onde o convívio social e familiar se deve aliar ao estímulo do comércio local.

MERCADO SÉCULO XIX

Organização: Câmara Municipal de Alcobaça e Ranchos Folclóricos do Concelho
Entrada livre
Sábado: 15h às 20h | Domingo: 10h às 19h

PRAÇA DA REPÚBLICA

Elementos dos ranchos do concelho, vestidos a rigor, recriam o ambiente do Mercado do séc. XIX, que tinha lugar junto ao Mosteiro. Nessa época, os agricultores e os artesãos, das diversas freguesias do concelho, vinham à Vila regularmente vender os seus produtos: pão, fruta, hortaliças, enchidos, azeite, vinho, mel, cestas e peças de barro.

É esse ambiente que se procura recriar, onde não faltarão danças, cantares, bailes, jogos tradicionais, idas à fonte e desfiles de noivos.

Organização: Câmara Municipal de Alcobaça e Ranchos Folclóricos do Concelho

Entrada livre

Sábado: 15h às 20h | Domingo: 10h às 19h

TUNA DA FACULDADE DE LETRAS DE LISBOA

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ALCOBAÇA

Foi no dia 28 de novembro de 1995 que a Inoportuna começou a sua viagem musical pela comunidade académica. Durante os seus 27 anos de atividade, conta com um repertório bastante diverso, reflexo também da diversidade pela qual a comunidade estudantil da Faculdade de Letras da Universidade Lisboa é conhecida, com influências desde a música tradicional portuguesa, até ao rock e punk, que podem ser ouvidas nos seus dois álbuns lançados até à data. Neste último, intitulado Há Palavras Que Nos Beijam (2012), a Inoportuna traz à vida, através da música, vários poemas de autores portugueses, tais como Luís Vaz de Camões, Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andresen, Miguel Torga e Amália Rodrigues.

Equipada com um espírito de camaradagem, folia, e muita inoportunidade, esta caravela partiu do seu porto para trazer música e alegria a todos os cantos de Portugal Continental e Ilhas (e até pelo mundo fora), e fazer justiça ao legado de Manuel Fortuna, que faz parte do imaginário do ambiente melancólico de Letras!

Entrada Livre

VOZES BRASILEIRAS, EXALTANDO A LÍNGUA PORTUGUESA

FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL

Duas grandes vozes do Brasil encontram-se pela primeira vez para um espetáculo totalmente dedicado à língua portuguesa. O mesmo som com cores diferentes. Vários sotaques que se multiplicam e ainda tornam mais rica a nossa língua.

A ideia dessa união é mostrar a força da palavra cantada, por dois excecionais intérpretes, João Paulo Ferreira, renomado contratenor, com carreira internacional, que vai do lírico ao popular com maestria, uma voz rara e absolutamente fascinante, e Márcio Gomes, com 25 anos de carreira, dedicando a música popular, com uma grande legião de fãs Brasil a fora, considerado por pela imprensa brasileira, o “Novo Rei da Voz”.

O repertório vai da eterna serenata brasileira, passeado pelo Norte e Sul e também a canção nacional portuguesa, o Fado. Poemas, lágrimas, sorrisos e muitas canções, brindarão esse encontro inédito e definitivo de João Paulo Ferreira & Márcio Gomes.

Entrada livre

Palco no Rossio

FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL

Após o fim da pandemia e o retomar da normalidade às nossas vidas, voltamos a realizar o festival anual do nosso Rancho, com um dia de convívio e lazer para todos os que se queiram juntar a nós, recriando as danças e cantares do lugar de Turquel. Após o fim da pandemia e o retomar da normalidade às nossas vidas, voltamos a realizar o festival anual do nosso Rancho, com um dia de convívio e lazer para todos os que se queiram juntar a nós, recriando as danças e cantares do lugar de Turquel.

Rancho Folclórico Mira-Serra de Louções, Turquel – Alcobaça;
Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães, Felgueiras – Porto;
Rancho Folclórico Os Azuraras de Quintela, Mangualde – Viseu;
Grupo Folclórico “Os Camponeses” de D. Maria, Almargem do Bispo – Sintra.

Organização: Câmara Municipal de Alcobaça  e Rancho Folclórico Mira-Serra de Louções

Entrada livre

Início 18h em Louções | Atuação às 21h em Alcobaça

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.