Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/28

Torres Vedras e Peniche lideram com 12 e 10 praias

Quercus distingue 51 Praias Ouro na região

Praia da Légua

No arranque da época balnear 2023, Quercus classifica 394 praias com Qualidade de Ouro, menos 46 do que no ano passado. Os distritos de Leiria, Santarém e Área Oeste de Lisboa registam 51 praias com qualidade Ouro. Torres Vedras lidera com 13 praias, seguido de Peniche com 11, Alcobaça (5), Lourinhã, Tomar e Marinha Grande (3), Nazaré, Caldas da Rainha, Óbidos, Leiria e Mação (2),  Pombal, Ourém e Ferreira do Zêzere (1).

Na época balnear 2023, a Quercus atribui o galardão “Praia com Qualidade de Ouro” a 394 praias nacionais, menos 46 do que em 2022. Das 394 praias galardoadas, 328 são costeiras, 56 interiores e 10 de transição. Todas as regiões do país apresentam descidas no número de praias distinguidas, sendo a Região Norte a que registou a maior queda. A região Tejo e Oeste é a que reúne um maior número de praias galardoadas (98).

O galardão “Praia com Qualidade de Ouro” distingue anualmente a qualidade da água balnear das praias de portuguesas, com base na informação pública oficial disponível, tendo exclusivamente em consideração as análises efetuadas nos laboratórios das diferentes Administrações Regionais Hidrográficas.

Análise por tipo de praia

Analisando por categorias, verifica-se uma forte descida na atribuição do galardão nas águas balneares costeiras – menos 31 praias. As águas balneares interiores registaram uma diminuição de 16 praias. Já as águas balneares de transição registaram mais uma praia galardoada face a 2022.

Análise por regiões

Relativamente às regiões, e de acordo com a tabela abaixo, verifica-se que a Região Tejo e Oeste é novamente a região com mais atribuições (98), seguida do Região do Algarve (85) e da Região Norte (65). Em comparação com 2022, todas as regiões registaram uma descida no número de praias galardoadas, com o Norte a registar a maior queda (13 praias) e o Algarve a menor descida (menos 1 galardão apenas). As Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira verificaram uma descida de 8 e 3 galardões respetivamente e a Região do Alentejo registou menos 6 atribuições.

Critérios do galardão

De acordo com os critérios definidos em 2023, para receber a classificação de “Praia com Qualidade de Ouro, a água balnear tem de respeitar os seguintes critérios:

Qualidade da água “excelente” na classificação anual das cinco épocas balneares anteriores à última (neste caso, entre 2017 e 2021);

Todas as análises realizadas na última época balnear (2022) deverão ter apresentado resultados melhores para os seguintes indicadores bacterianos, face aos valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas balneares:a) Águas costeiras e de transição: todas as análises deverão apresentar valores inferiores a 100ufc/100ml para os Enterococos intestinais e inferiores a 250ufc/100ml para a Escherichia coli;

Águas interiores, todas as análises deverão apresentar valores inferiores a 200ufc/100ml para os Enterococos intestinais e inferiores a 500ufc/100ml para a Escherichia coli.

Na última época balnear (2022), não poderá ter ocorrido qualquer tipo de ocorrência/aviso de desaconselhamento da prática balnear, proibição da prática balnear e/ou interdição temporária da praia.

Bandeira “Praia Qualidade de Ouro” 2023

A Quercus enviará a todos os municípios nacionais com uma ou mais praias galardoadas as instruções para a produção da bandeira “Praia com Qualidade de Ouro 2023”, não devendo ser utilizados versões anteriores da bandeira.

O projeto “Praias Qualidade de Ouro” conta com o apoio das seguintes entidades nos respetivos municípios nacionais onde as mesmas asseguram o saneamento de águas residuais, um processo determinante do ponto de vista ambiental, com influência direta na qualidade das águas balneares: Águas do Algarve; Águas de Santo André; Simarsul; Águas do Tejo Atlântico; Águas do Vale do Tejo e Indaqua.

No âmbito destas parcerias regionais, a bandeira “Praia Qualidade de Ouro 2023” a hastear nas praias situadas nestas áreas geográficas apresentará novamente versões personalizadas.

Lista de Praias de Ouro nos distritos de Leiria e Santarém e Área Oeste do distrito de Lisboa

Alcobaça – São Martinho do Porto, Água de Madeiros, Légua , Pedra do Ouro, Polvoeira

Caldas Da Rainha- Foz do Arelho-Lagoa , Praia Do Mar

Marinha Grande – São Pedro de Moel, Pedras Negras, Praia Velha

Nazaré – Nazaré e Salgado

Óbidos – Bom Sucesso e Praia D’el Rei

Leiria – Pedrógão Sul e Pedrógão Centro

Lourinhã – Peralta, Porto Dinheiro, Valmitão

Peniche – Baleal Norte, Baleal Sul, Baleal-Campismo, Consolação, Consolação Norte, Cova da Alfarroba, Gamboa, Medão-Supertubos, Peniche de Cima, Porto da Areia Sul, São Bernardino

Pombal- Osso da Baleia

Torres Vedras – Amanhã (Santa Cruz), Azul, Centro (Santa Cruz), Física (Santa Cruz), Foz do Sizandro -Mar , Formosa, Mirante (Santa Cruz), Navio, Pisão (Santa Cruz), Porto Novo, Santa Helena, Santa Rita-Norte, Santa Rita-Sul

Praias interiores

Ferreira do Zêzere – Castanheira ou Lago Azul

Mação- Cardigos e Carvoeiro

Ourém – Agroal

Tomar – Vila Nova – Serra, Alverangel e Montes

Nota: notícia corrigida no dia 21 de maio.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.