Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/22

Ourém

Tribunal de Santarém decreta prisão preventiva a homem acusado de violência doméstica

Armas apreendidas pela GNR

O Comando Territorial de Santarém da GNR, através do Posto Territorial de Ourém, no dia 15 de maio, deteve um homem de 50 anos por violência doméstica, no concelho de Ourém.

No seguimento de uma denúncia por violência doméstica, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, tendo-se apurado que uma mulher de 47 anos, era vítima de perseguição e ameaças de morte por parte do seu ex-companheiro, ameaças essas que foram proferidas na presença dos militares, motivo que levou à detenção do agressor.

No decorrer das diligências policiais, foi realizada uma revista pessoal de segurança ao suspeito e uma busca domiciliária, tendo sido apreendido, como medida cautelar, o seguinte material, destacando-se cinco espingardas, uma navalha e 126 munições de diversos calibres.

O detido, referenciado por crimes de violência doméstica e ofensas à integridade física, foi presente no Tribunal Judicial de Santarém no dia 16 de maio, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A ação policial contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Tomar.

A Guarda relembra que a violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe:

  • No Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt;
  • Via telefónica, através do número de telefone: 112;

Na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca.

      Fonte: CTS|GNR

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.