Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/24

Após várias denúncias

PSP da Marinha Grande alerta para risco de furtos no interior de residências

A PSP da Marinha Grande informou, no dia 24 de maio, que tem vindo a registar, nos últimos dias, diversos furtos no interior de residências. Pese embora estejam em curso diligências de investigação tendentes a suster o fenómeno e responsabilizar os seus autores, a PSP julga pertinente difundir alguns conselhos de segurança bem como medidas preventivas e proactivas que possam evitar o cometimento de mais furtos e/ou ajudar a ação policial, tais como:

1) Verifique se as portas principais dos prédios (de acesso ao hall de entrada) se encontram sempre fechadas;

2) Certifique-se, sempre que alguém toque a alguma campainha de qualquer fração num determinado prédio, que se trata efetivamente de alguém conhecido e destinado à sua fração. Não abra a porta caso a intenção seja contactar com outro vizinho;

3) Não deixe os portões das garagens do condomínio sem estarem devidamente fechados, aguardando, sempre que possível, caso detenham automatismos, que os mesmos fechem na totalidade;

4) Sempre que sair, deixe as portas e janelas devidamente fechadas;

5) Quando se ausentar de sua casa, por vários dias, informe a PSP ou outra Autoridade Policial da sua zona;

6) Evite acumular correspondência na caixa do correio e coloque na mesma uma fechadura segura;

7) Evite deixar bilhetes na porta, janela ou caixa do correio, que possam indicar a sua ausência;

8) Mude as fechaduras quando se instalar numa nova residência que já tenha tido outros moradores;

9) Guarde, num local seguro, todas as cópias das chaves da sua residência;

10) Adote mecanismos que possam, eventualmente, dificultar a entrada na sua residência, tais como dispositivos de autoproteção (alarmes, câmaras de videovigilância, etc.), óculo e corrente de segurança na porta.

11) Sempre que verifique/detete algo de anormal, nomeadamente barulhos, viaturas estranhas à zona a circular a baixa velocidade ou estacionadas com alguém no interior, alerte de imediato a Polícia para que seja verificado, com a maior brevidade possível, se existe algo de ilícito em curso ou em preparação;

12) Sempre que surja a dúvida, anote matrículas, marcas, cores das viaturas e características do(s) suspeito(s), por forma a fornecer esses dados, no mais curto espaço de tempo, à Polícia.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.