Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/24

No âmbito da Jornada Mundial da Juventude

Município de Ourém monta operação especial para a receção ao Papa Francisco em Fátima

Reunião de preparação da visita do Papa foi dirigida pelo vereador com o pelouro da Proteção Civil, Rui Vital

Estão já em curso vários trabalhos no concelho de Ourém, e particularmente em Fátima, de preparação para a Jornada Mundial da Juventude e para a confirmada visita do Papa Francisco, no dia 5 de agosto. A expetável visita de milhares de pessoas a Fátima, antes, durante e após a Jornada Mundial da Juventude, implica a criação de um conjunto de condições que assegurem a segurança e tranquilidade de todos aqueles que residem ou visitam Fátima neste período.

O Município de Ourém, consciente das suas responsabilidades e apesar da falta de apoio do poder central, encontra-se articulado com diferentes entidades para garantir uma receção segura ao Papa Francisco e aos milhares de peregrinos que se deslocação até ao nosso território.

Desde agosto de 2022 foram realizadas várias reuniões setoriais internas e externas e esta sexta-feira, dia 23 de junho, concretizou-se uma reunião alargada que permitiu fazer um levantamento geral das necessidades, para uma eficaz atuação de todas as entidades envolvidas nas operações de segurança.

Nesta reunião dirigida pelo vereador com o pelouro da Proteção Civil, Rui Vital, participaram o comandante Distrital de Santarém da Proteção Civil, David Lobato, representantes das forças de segurança, do Santuário de Fátima e dos mais variados serviços elementares que terão que ser assegurados durante a Jornada Mundial da Juventude e, especificamente, durante a estadia do Papa Francisco em Fátima.

Município vai criar e sinalizar uma circular externa a norte de Fátima para desvio e descongestionamento de trânsito.

O presidente da Câmara Municipal, Luís Miguel Albuquerque, e o vereador Rui Vital realizaram no dia 22 de junho uma visita aos trabalhos já em curso na Cidade de Fátima. Com a identificação de locais adequados para a instalação das infraestruturas da ANEPC, parqueamento automóvel, pesados de passageiros e parques de acampamento, os serviços municipais encontram-se já a garantir as condições necessárias para uma correta utilização dos terrenos públicos e privados cedidos para o efeito.

O Município identificou cinco locais com uma área aproximada de 2 hectares para instalação das infraestruturas da ANEPC, cerca de 80 terrenos (aproximadamente 52 hectares) para parqueamento automóvel e com uma capacidade aproximada de 11.000 lugares, além de oito terrenos (cerca de 10 hectares) com capacidade para cerca de 1800 autocarros.

Foram também solicitados terrenos para a criação de 2 parques de acampamento autorizado, com uma área total aproximada de nove hectares. Estão em desenvolvimento os trabalhos de limpeza, desmatação e regularização dos terenos, assim como a criação de acessos e sinalização dos locais identificados para parqueamento de ligeiros e pesados.

Além dos trabalhos em curso que visam facilitar a mobilidade, o Município de Ourém vai criar um terminal rodoviário provisório para tomada e largada de passageiros dos circuitos de transferes, contratar autocarros para os circuitos de transferes e criar e sinalizar uma circular externa a norte de Fátima para desvio e descongestionamento de trânsito. Serão também contratados contentores sanitários e balneários para apoio aos parques de acampamento autorizado e 80 sanitários químicos portáteis para reforço na Cidade de Fátima.

Em articulação com a Be Water serão disponibilizados bebedouros pela cidade para reforço da disponibilidade de água potável, executadas as ligações de infraestruturas (água / energia / esgotos) para os parques de acampamento autorizado, bem como para apoio à operação de socorro da ANEPC, e efetuado um reforço de contentores de resíduos sólidos urbanos.

Entre outros pequenos procedimentos ainda em estudo e as responsabilidades assumidas pelo Santuário de Fátima, o Município de Ourém está atempadamente preparado para responder às diferentes necessidades que um evento como a Jornada Mundial da Juventude e a consequente visita do Papa Francisco a Fátima acarretam, consciente de que para uma correta e eficaz atuação, o planeamento e a coordenação entre as diferentes entidades envolvidas é determinante no sucesso de toda a operação.

Fonte: GC|CMO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.